Notícias

Governo repassa R$ 5,8 milhões para projetos de pesquisa da UEPB

publicado: 25/11/2019 19h15, última modificação: 25/11/2019 19h15
1 | 3
Fotos: Jorge Barbosa
2 | 3
3 | 3
fapesq 5.8 milhoes para projetos de pesquisa da ufpb laboratorio 3D (1).JPG
fapesq 5.8 milhoes para projetos de pesquisa da ufpb laboratorio 3D (2).JPG
fapesq 5.8 milhoes para projetos de pesquisa da ufpb laboratorio 3D (3).JPG

O Governo do Estado liberou o repasse da segunda parcela para os projetos de pesquisas dos Centros Multiusuários e de Infraestrutura da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), aprovados em Editais da Fundação de Apoio à Pesquisa da Paraíba (Fapesq). Com a liberação da segunda parcela dos recursos no valor de R$ 2,9 milhões, o Governo conclui o investimento total de aproximadamente R$5,8 milhões, com a meta de fomentar e fortalecer os centros já estabelecidos de infraestrutura de pesquisa científica e tecnológica de caráter multiusuário e apoio financeiro às pesquisas desenvolvidas na UEPB.

De acordo com o secretário de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado, Claudio Furtado, esse é mais um compromisso cumprido pelo Governo, em investir na Educação e na tecnologia de ponta em prol de ações que vão beneficiar a sociedade em geral.

Para o presidente da Fapesq, Roberto Germano Costa, o apoio do Governo do Estado na liberação de recursos financeiros é primordial para alavancar as atividades de pesquisa na Universidade, pois é a maneira mais viável para implantar e modernizar a infraestrutura de pesquisa, contribuindo para o desenvolvimento técnico-científico e a inovação; não apenas quantitativamente, mas também em termos qualitativos.

Centros Multiusuários - O Edital dos Centros Multiusuários tem como objetivo fomentar e fortalecer os Centros já estabelecidos de infraestrutura de pesquisa científica e tecnológica, de caráter multiusuário na UEPB, em áreas prioritárias para o desenvolvimento do Estado da Paraíba, e induzir a organização de novos centros no Estado, por meio de melhoria da infraestrutura necessária ao seu desenvolvimento, para que possam atuar como centros estaduais multiusuários em seus campos correlatos. A meta é que venham promover a melhoria de produtos e serviços prestados à população do Estado da Paraíba.

Foram aprovados no Edital Fapesq projetos do Centro Integrado Multiusuário de Pesquisa e Análise de Água, Alimentos, Resíduos e Biodiversidade; Centro Multiusuário de Inovação Tecnológica em Sistemas de Produção Agrícola para o Estado da Paraíba – Cemproagri/PB; Centro de Desenvolvimento Regional, Big Data e Geoprocessamento da Universidade Estadual da Paraíba (CDRBG); Centro de Estudos Avançados em Políticas Públicas e Governança (CEAPPG), e o Centro Integrado Multiusuário de Referência em Saúde da Paraíba.

O pesquisador Cassiano Francisco WeegeNonaka, da coordenação do Centro Integrado Mutiusuário de Referência em Saúde da Paraíba, destacou que é fundamental esse apoio do Governo em viabilizar as pesquisas de ponta em tecnologia em saúde. “Fortalece os grupos de pesquisa e nossos programas de pós-graduação, como também aumenta nossa capacidade de prestação de serviços à comunidade”, ressaltou. O Centro de Referência em Saúde da Paraíba será inaugurado em breve e vai beneficiar a população com alta tecnologia no tratamento de cabeça e pescoço. Outro fator importante citado pelo pesquisador é na possibilidade de estabelecer parcerias com outros Centros de pesquisa por fornecer tecnologias mais avançadas.

Infraestrutura - O objetivo do Edital Melhoria da Infraestrutura tem por objetivo dar apoio financeiro aos pesquisadores vinculados à Universidade Estadual da Paraíba- UEPB para a execução de projetos de pesquisas que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do Estado da Paraíba e em áreas estratégicas para o Governo do Estado da Paraíba.

De acordo com o pesquisador Antônio Augusto Sousa, coordenador do projeto Desenvolvimento Tecnológico para Rejeitos de Rochas Ornamentais: Estudo de Viabilidade da Incorporação da Lama Abrasiva de Granitos em Bentonita para Pelotização de Minério de Ferro, esse edital da Fapesq veio suprir toda a realidade que a gente vivencia hoje na perspectiva de inovação, de fomentar e dar condições para que a Paraíba evolua na Ciência e Tecnologia.

No referido edital foram contemplados 27 projetos:

- Serviço Social, Formação e Trabalho Profissional: As Potencialidades para o Desenvolvimento do Estado da Paraíba;
- Fanatics for Phonetics: Ensino e Aprendizado de Pronúncia da Língua Inglesa;
- Alfabetismo Em Saúde Bucal, Fatores Sociodemográficos e Ambientais Associados à Cárie, a Perda Dentária Precoce e ao Acesso aos Serviços: Um Estudo com Adolescentes;
- Prevalência e Severidade da Hipomineralização Molar Incisivo, Experiência de Cárie e Ansiedade Odontológica Associada em Escolares de 8 a 10 anos de Campina Grande – PB;
- Zoneamento Ambiental: Estratégia para o desenvolvimento Regional e Sustentável na Área de Proteção Ambiental do Cariri – Cariri Paraibano;
- Território da Borborema: Estudo Integrado da Paisagem e Suas Relações Funcionais Como Subsídio ao Planejamento e Gestão Ambiental na Microrregião do Brejo Paraibano;
- Estudo dos Processos de Gestão de Documentos do Núcleo de Documentação Histórica (NDH) da UEPB para Investigar as Possibilidades de Construção de Atividades Didáticas de Ensino de História;
- A Vida após o Diagnóstico da Síndrome Congênita do Vírus Zika: Um estudo sobre experiências parentais;
- Os Homens que não Amavam as Mulheres: Discursos dos Acusados de Praticar Feminicídio no Estado da Paraíba;
- Cooperação acadêmica, tecnologia e Inovação científica: as relações Internacionais do projeto SESA;
- Desenvolvimento de um Reator Fotocatalítico de Leito Fluidizado para Remoção de Cianotoxinas de Águas de Abastecimento;
- Desenvolvimento Tecnológico Para Rejeitos de Rochas Ornamentais: Estudo de Viabilidade da Incorporação da Lama Abrasiva de Granitos em Bentonita para Pelotização de Minério de Ferro;
- Utilização da Termografia como Método Auxiliar de Diagnóstico por Imagem de QueiliteActínica e Carcinoma de Células Escamosas de Lábio;
Radiografia Digital: Uma Realidade Inserida na Graduação em Odontologia do Campus I Da UEPB;
- Biotransformação de Resíduos Agroindustriais por PenicilliumSclerotiorum (Ucp 1361) na Síntese de Biossurfactantes, Quitina, Quitosana aplicados na Biorremediação de Solos e Água Contaminada por Petroderivados;
- Tratamento de água residuária de origem doméstica para recuperação de energia, nutrientes para agricultura e água para reuso;
- Bioacumulação de cianotoxinas em culturas Irrigadas com Águas Eutrofizadas no Semiárido: Monitoramento, Avaliação e Proposição de Soluções Simplificadas;
- Avaliação do Tempo e Qualidade de Desobturação Comparando Diferentes Materiais e Sistemas Rotatórios;
- Materiais Avançados para Tratamento de Efluentes e Água – Matrea;
- Aplicação da Termografia e Radiologia na Endodontia;
- Alternativa de Tratamento Biológico de Lixiviado de Aterro Sanitário;
- Caracterização de Propriedades Biológicas e Terapêuticas de Plantas Medicinais de Aplicação Clínica Odontológica;
- Avaliação do Uso de Resíduos Agroindustriais como Bioadsorventes para o Tratamento de Águas Residuárias, contendo Metais Pesados e corantes Têxteis;
- Avaliação e Desenvolvimento de Tecnologias de Tratamento de efluentes com vistas à Minimização dos Riscos à Saúde Pública;
- Caracterização Micrometeorológica e Ambiental do cultivo da Palma Forrageira Irrigada, com água Residuária Urbana, no semiárido paraibano;
- Desenvolvimento de pigmentos sustentáveis a partir de insumos naturais e regionais;
- Desenvolvimento de novos Pró-Fármacos Biotecnológicos Recíprocos Acridínicos Linamarínicos com Potencial Atividade para Câncer.