Notícias

Castelo de Bonecas: produção de reeducandas em destaque no Salão do Artesanato

publicado: 15/01/2020 17h54, última modificação: 15/01/2020 17h54
1 | 6
2 | 6
3 | 6
4 | 6
5 | 6
6 | 6
15_01_2020 Participação da Seap no Salão do Artesanato (19).jpg
15_01_2020 Participação da Seap no Salão do Artesanato (17).jpg
15_01_2020 Participação da Seap no Salão do Artesanato (10).jpg
15_01_2020 Participação da Seap no Salão do Artesanato (15).jpg
15_01_2020 Participação da Seap no Salão do Artesanato (14).jpg
15_01_2020 Participação da Seap no Salão do Artesanato (3).jpg

As bonecas de pano do projeto "Castelo de Bonecas", confeccionadas pelas reeducandas do Presídio Feminino Maria Júlia Maranhão, têm se destacado na 31ª edição do Salão do Artesanato da Paraíba, chamando a atenção dos visitantes do evento, que se prolongará até o dia 2 de fevereiro, na estrutura montada na orla marítima de João Pessoa, na Avenida Cabo Branco, 2260.

As coloridas bonecas de pano estão expostas no stand da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária e representam a esperança para cerca de 120 reeducandas. Onde não havia mais sonhos e esperança, hoje elas estão envolvidas no projeto que confecciona as bonecas e têm a chance de ter dentro do sistema prisional uma rotina de trabalho, que as tira do ócioe também as remunera pelo trabalho e renovam seus sonhos.

O stand do "Castelo de Bonecas" vem sendo visitado pelo público pessoense e por turistas das mais diversas regiões que vão ao Salão e têm se encantado com o colorido, doçura e perfeição das bonecas de pano, confeccionadas pelas detentas dentro do presídio.

Ana Carla, 53 anos, médica, turista do Rio Grande do Norte, estava só passando pelo stand quando foi despertada pelo colorido das bonecas. " Eu iria só passar, mas tive de parar, para ver melhor tanta beleza, pois antes era tão mais fácil encontramos destas bonecas para vender, eu mesma tinha uma coleção, mas o que me encantou nestas bonecas foi sua doçura e mais ainda de saber que são confeccionadas por apenadas. O projeto está de parabéns, pois eu não conhecia. Vou levar uma para dar de presente a uma sobrinha neta", disse.

N.M, 33 anos, uma das reeducandas que já passou por projetos de ressocialização, ressalta a importância de ter espaços como o do Salão de Artesanato abertos aos projetos de ressocialização. "É uma grande oportunidade o nosso trabalho ser visto e reconhecido aqui fora. As pessoas ficam surpreendidas quando falo que os trabalhos são confeccionados por reeducandas do Presídio Feminino Maria Júlia Maranhão. Têm pessoas que nem acreditam, pelo fato das peças terem uma qualidade grande e serem tão bem detalhadas com traços e características diferenciadas. Ficamos muito orgulhosas de podermos divulgar o nosso trabalho de forma digna", pontuou.

O secretário da Administração Penitenciária, Sérgio
Fonseca, visitou o stand na tarde dessa terça-feira (14) e disse ser importante o trabalho de ressocialização. "Dentro deste trabalho de reinclusão social, neste combate à reincidência, acreditamos ser de grande expressão a participação do Projeto "Castelo de Bonecas" aqui no Salão de Artesanato do Estado da Paraíba, para divulgar este belíssimo trabalho que é desenvolvido no interior do Sistema Prisional e que tem tirado tantas pessoas da vida criminosa e as incluindo na sociedade. Nós temos muitas ex-reeducandas que passaram pelo projeto e hoje sustentam suas famílias de forma digna, com o artesanato. Então, eu acredito no quanto se faz fundamental investir na ressocialização, por isso vim aqui prestigiar o Salão e o belíssimo stand do nosso "Castelo de Bonecas", frisou.

A diretora do Presídio Feminino Maria Júlia Maranhão, Cinthya Almeida, que é também responsável pelo projeto, também esteve visitando o Salão e o stand. "Somos gratos ao Governo do Estado por nos abrir este espaço, nos oportunizando mostrar nosso trabalho não só para João Pessoa, bem como para a Paraíba e para o resto do país, através dos muitos turistas que visitam o Salão de Artesanato. Temos participado em todas as edições do Salão de Artesanato, desde 2013, o que só vem a abrilhantar nosso trabalho, dando uma maior visibilidade ao Projeto. Nós da Seap só temos a agradecer ao Governo do Estado na pessoa do governador João Azevêdo, e aos organizadores do evento", enfatizou.

 

 

 

 

 

 

 


Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap)
Centro Administrativo Estadual – Bloco II - Av. João da Mata, s/n - Jaguaribe - João Pessoa/PB Fones: (83) 32089977/32089989