Notícias

Fundac abre ciclo de debates entre campeões esportivos e socioeducandos

publicado: 24/07/2020 16h39, última modificação: 24/07/2020 16h39
WhatsApp Image 2020-07-23 at 07.30.16.jpeg

Os adolescentes que cumprem medidas no Centro Socioeducativo Edson Mota, da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac) tiveram a oportunidade de participar, nessa quarta (22) e quinta-feira (23),  da estreia de um novo modelo de atividade, o Ciclo de Bate Papo, com a participação de campeões esportivos, atletas e jogadores de vôlei e futebol, através de videoconferência, dentro do projeto Revelando Campeões do eixo Esporte, Cultura e Lazer

Segundo Nilton Santos, coordenador do eixo Esporte, Cultura e Lazer, as ações desenvolvidas pelo seguimento, nas unidades socioeducativas administradas pela Fundac, têm tido um papel importante no empoderamento, fortalecimento e formação do processo socioeducativo. O debate vem contribuir com essas atividades esportivas do Eixo, como uma nova proposta durante esse período de pandemia.

O Bate Papo do Revelando Campeões é um ambiente de discussão com atletas famosos que fizeram história no futebol nacional. Consite em um lugar de conversa sobre superação de limites e desafios de luta que todo o atleta passa para vencer. Para Nilton, a palavra “vencer” que aqui se coloca, está além dos esportes, e inspira os esforços que toda pessoa que precisa, para vencer os seus desafios pessoais.

“Durante a atividade o atleta fala de sua trajetória, carreira e história de vida, além das escolhas (esporte) e de como enfrentou os obstáculos que encontrou em seu caminho e o que fez para se tornar um campeão na vida. Após esta exposição os socioeducandos fazem perguntas e comentários. É tudo muito simples, mas faz do momento um lugar privilegiado de aprendizagem”, explicou o coordenador do projeto.

A estreia do ciclo de Bate Papo contou com a participação de Maurício Cabedelo, ex-jogador do Botafogo, e de Edson Inha, ex-jogador do Bahia, Sousa e Botafogo. Na ocasião, os atletas puderam passar para os socioeducandos do CSE, um pouco da experiência no futebol e discutir sobre o esporte e a vida.

“O debate foi muito gratificante, falei um pouco da experiência, das dificuldades e da minha opção de sempre procurar ajudar financeiramente a minha mãe. Esperamos colher bons frutos com essa atividade, incentivando essa garotada ao esporte que é um meio de educação”, relatou Francisco Edson, conhecido como Inha, que atualmente exerce a função de agente socioeducativo no Centro Educacional do Adolescente (CEA), em Sousa. 

De acordo com Nilton, os ciclos de debates irão acontecer sempre às quartas e quintas-feiras. “Estamos começando de forma experimental no CSE, mas nossa proposta é expandir para todas as unidades socioeducativas do Estado. No CEA, em Sousa, desde janeiro, o ex-jogador Edson Inha vem facilitando a oficina de futsal. Após a pandemia, vamos realizar os testes com socioeducandos no Atlético Sousa”, afirmou o coordenador.

A expectativa é que esses debates chamem a atenção para apoios e iniciativas. “Ao longo deste segundo semestre, teremos diversos outros campeões participando do Bate Papo. Estamos esperando a confirmação do Popó, ex-boxeador, e do Hulk, jogador de futebol”, disse Nilton Santos, acreditando que a história de vários jogadores paraibanos e de outros atletas pode inspirar os socioeducandos na elaboração de um projeto de vida, através dos esportes.

REVELANDO CAMPEÕES – é um dos projetos de esporte da Fundac que busca contribuir com o desenvolvimento dos adolescentes/jovens com a realização de oficinas, treinamentos e possíveis encaminhamentos para os times esportivos do Estado da Paraíba. Dentro das ações deste projeto são promovidas palestras com atletas famosos, com o objetivo de inspirar os adolescentes na superação dos limites que a vida social impõe.

O projeto visa descobrir talentos no esporte com os adolescentes e jovens que cumprem medidas socioeducativas de privação e restrição de liberdade e encaminhá-los à prática esportiva profissional. Revelando Campeões teve início no ano de 2018 com a indicação de um socioeducando para a equipe sub-19 de futebol do Botafogo, tendo ele participado da Copa Nordeste.    

Dentro das unidades socioeducativas as práticas esportivas se colocam como ações de grande atração, sobretudo o futebol, futsal e voleibol. Estes esportes estimulam os jovens a pensarem regras, condutas e possibilitam uma convivência pacífica, amenizam conflitos e selam acordos de paz.