Notícias

Governo apoia VII Festival de Cultura Agroecológica em Remígio

publicado: 09/11/2019 14h43, última modificação: 09/11/2019 14h43
1 | 5
2 | 5
3 | 5
4 | 5
5 | 5
WhatsApp Image 2019-11-08 at 16.52.10.jpeg
WhatsApp Image 2019-11-08 at 15.43.05(1).jpeg
WhatsApp Image 2019-11-08 at 15.43.05.jpeg
WhatsApp Image 2019-11-08 at 16.54.12.jpeg
WhatsApp Image 2019-11-08 at 15.43.06.jpeg

O governo da Paraíba por meio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido (seafds), participa e apoia o sétimo Festival de cultura agroecológica que acontece a partir desta sexta-feira (08), na cidade de Remígio, Brejo paraibano, de hoje, até domingo todas as potencialidades da Agroecologia serão debatidas durante o Festival. 

 O governo, por meio da secretaria de Agricultura Familiar, vai debater sobre as práticas de formação em Agroecologia no Brasil e especialmente na Paraíba, um viés, que o secretário Luiz Couto, vem discutindo a implementação nos moldes agroecológicos para o estado, desde que assumiu a Seafds.

 “As discussões sobre à agroecologia nasce como um contraponto ao modelo de modernização, da agricultura. A agroecologia vem ganhando ênfase por se tratar de uma realidade que cuida da terra, respeitando todos os biomas,  nesse aspecto, analisar e debater essas experiências é oportuno e deve ser difundida e apresentada como forma de uma produção saudável, sem uma mecanização perversa, onde o trabalhador  do meio rural, o agricultor tira da terra seu sustento,  fazer essas tarefas de forma limpa e repito, respeitando o tempo da terra, nós acreditamos que é a melhor saída para quem quer de fato, uma agricultura familiar de base agroecológica”, falou o secretário.

 O evento, que vai apresentar audiências públicas, roda de debates e diversos outros meios de discussões sobre a importância da Agroecologia é uma realização da Organização Não Governamental (ONG), ARRIBAÇÃ e tem a parceria do governo da Paraíba e demais parceiros, Prefeitura Municipal de Remígio, o Governo da Paraíba, a Rede Borborema de Agroecologia, a Embrapa Algodão, a SECULT, o PROCASE, o IICA e a SEAFDS.

Serviço:

Além de audiência pública, a programação do festival reserva rodas de conversa, dia de campo, mostra cultural e gastronômica, desfile de moda, tablado cultural, shows, entre outras atrações.

VII FESTIVAL DA CULTURA AGROECOLÓGICA – REMÍGIO (PB) –

DIAS 08, 09 e 10 DE NOVEMBRO DE 2019

 

SEXTA-FEIRA – 08/11

 

6h – Visita à feira agroecológica de Remígio

Local: Avenida Joaquim Cavalcanti (Rua da Prefeitura)

8h – Dia de Campo sobre o cultivo do algodão orgânico em consórcios agroalimentares

Local: Comunidade Gabinete, Assentamento Queimadas em Remígio

14h – 1º Audiência Pública da Assembleia Legislativa da Paraíba em Remígio, através da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente.

Local: Auditório Municipal Geraldo Pereira de Lima, Rua Manoel Alexandre Filho, Bairro Bela Vista.

14h – Mostra do conhecimento Agroecológico com o tema: Terra da Agroecologia

Local: Avenida Joaquim Cavalcanti (Rua da Prefeitura)

20h – Musical

21h – Concerto do Programa de Inclusão pela Música e pela Arte (PRIMA), polo Campina Grande

22h – Forró Mania

 

SÁBADO – 09/11

 

8h às 13h: Seminário “Avanços e Desafios da Cadeia Produtiva do Algodão Orgânico”

Local: Auditório Geraldo Pereira de Lima, Rua Manoel Alexandre Filho, Bairro Bela Vista, Remígio – PB.

16h – Roda de conversa sobre Saúde, Agroecologia e Produção Orgânica

Local: Câmara Municipal de Remígio – PB

16h – Mostra do conhecimento agroecológico e gastronomia

20h – Desfile de Moda de Algodão Colorido

21h – Show com Felype Aguiar e Banda

 

DOMINGO – 10/11

 

8h – Cultural é na feira livre, a feira livre é cultural

10h – Documentário e DUO música clássica no Cine RT

16h – Apresentações Culturais, mostra do conhecimento agroecológico e gastronomia

20h – Orquestra Sanfônica de Remígio

21h – Tablado Cultural