Notícias

Paraibanos são selecionados para Camping Escolar Paralímpico em São Paulo

publicado: 29/01/2019 18h57, última modificação: 29/01/2019 18h57
sejel paradesporto (2).jpg

Seis paraibanos, sendo quatro paratletas e dois técnicos, foram selecionados para participar, a partir desta terça-feira (29), do Camping Escolar Paralímpico, que está sendo realizado no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. O objetivo do evento, que terá duração de nove dias e é realizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro, é um trabalho de renovação das futuras seleções brasileiras nas diversas modalidades paradesportivas.

Compõem a delegação paraibana os seguintes paratletas: Soarielly Florentino e Marcone João, ambos da natação; Leandro Rodrigues (basquete em cadeira de rodas), além de José Thiago, no judô. Já os técnicos selecionados foram: Hélio Pereira, no judô e Ana Mendes, pela bocha. "É importante destacar que todos esses que foram ao Camping Escolar fazem parte do programa Paraíba Paralímpica do Governo do Estado, que é um projeto que disponibiliza escolinhas gratuitas do paradesporto nas cidades de: João Pessoa, Campina Grande, Mamanguape, São Bento, Nova Floresta, Cajazeiras, Princesa Isabel, Monteiro, Picuí e Jacaraú", disse Romero Souza, integrante da gerência do paradesporto da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

O secretário executivo de Esporte e Lazer, José Marco, lembrou dos avanços do paradesporto na Paraíba. "O paradesporto do estado começou evoluir há oito anos quando inseriu os Jogos Paraescolares juntamente com os escolares e ainda sempre vem arcando com as passagens aéreas para que a delegação paraibana possa sempre estar presente nas Paralimpíadas Escolares, em São Paulo, concluindo a competição entre os melhores no quadro de medalhas. Além disso, foram criados os Jogos Paralímpicos da Paraíba e o próprio projeto Paraíba Paralímlica, que a cada ano aumenta o seu quantitativo de inseridos", frisou.

"Em primeiro lugar parabenizamos os que foram selecionados para o Camping Escolar Paralímpico e que num futuro bem próximo possam estar não só representando o nosso estado em competições nacionais, como também pelo mundo afora pela seleção brasileira de suas respectivas modalidades. É mais uma prova concreta de que o trabalho pelo paradesporto na Paraíba cresceu e continuará crescendo cada vez mais", concluiu.