Notícias

Orquestra Sinfônica da Paraíba leva música erudita e popular à Igreja Sant'Ana

publicado: 19/11/2019 11h03, última modificação: 19/11/2019 17h26
1 | 3
2 | 3
3 | 3
19_11_19 Orquestra Sinfônica da Paraíba leva música erudita e popular à Igreja Santana (3).jpg
19_11_19 Orquestra Sinfônica da Paraíba leva música erudita e popular à Igreja Santana (2).jpg
19_11_19 Orquestra Sinfônica da Paraíba leva música erudita e popular à Igreja Santana (1).jpg

Os moradores do Funcionários II, em João Pessoa, e bairros vizinhos vão ter a oportunidade de conferir a atuação de uma orquestra sinfônica. O projeto OSPB nos Bairros vai levar a Orquestra Sinfônica da Paraíba para um concerto na Igreja Sant'Ana, nesta quinta-feira (21), com um repertório que inclui músicas eruditas e populares. É o 11º Concerto Oficial da Temporada 2019 da OSPB, que terá regência do maestro Luiz Carlos Durier e a participação, como solista, do clarinetista Lucas Andrade. O concerto, com início previsto para às 19h30, tem entrada gratuita.

“A Orquestra Sinfônica da Paraíba vai mais uma vez ao encontro da população, desta vez, na Igreja de Santana, no Bairro Funcionários II. Para nós é uma alegria muito grande, porque nós estamos cumprindo uma função artística e social com a população de João Pessoa, levando um lazer agradável, bonito e de fácil assimilação, para que essas pessoas possam se divertir”, disse Durier.

Na opinião do maestro, o repertório escolhido para essa apresentação certamente vai agradar a todos. “Teremos a participação do primeiro clarinete da Orquestra Sinfônica da Paraíba, Lucas Andrade, como solista deste concerto e preparamos um programa que tem desde músicas do repertório sinfônico universal até a MPB orquestrada, exatamente para que a gente possa apresentar a música popular brasileira numa versão sinfônica”, explicou.

A apresentação inicia com a execução da abertura da ópera “The Pirates of Pezance”, do compositor inglês Arthur Sullivan. Logo depois, acompanhados pelo solista Lucas Andrade, os músicos da orquestra vão tocar o “Concertino em Mi Bemol Maior para Clarinete e Orquestra, Op. 26, (Adagio ma non tropo, Andante e Allegro)”, de autoria do alemão Carl Maria von Weber.

O concerto continua com a “Marcha Radetzky, Op. 228”, de Johann Strauss, austríaco que se destacou por compor especialmente música de dança e operetas. O público presente na Igreja Santana vai conhecer também a obra do compositor, maestro e pianista americano Leonard Bernstein, por meio de uma seleção de “West Side Story”, com arranjo de Frederick Müller.

A parte final da apresentação da OSPB é dedicada à música brasileira, com duas composições do pernambucano Maestro Duda, “Suíte Nordestina (Baião, Seresta, Maracatu e  Frevo)” e “Melhor dos Xotes”, e, encerrando com “Só Sambas”, do maestro gaúcho Cyro Pereira.

O regente - Paraibano de João Pessoa, Luiz Carlos Durier é o regente titular da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) há 22 anos. Em setembro de 2013 foi nomeado diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB). No ano de 2012, o maestro recebeu a Comenda de Honra ao Mérito, pelo desempenho profissional frente à OSPB.

Entre suas atividades, conduziu a OSPB na gravação ao vivo do CD da cantora Marinês e sua Gente e do DVD Sivuca e os Músicos Paraibanos. Com a OSPB e a OSJPB, esteve à frente de concertos com artistas populares como Ângela Rô Rô, Arnaldo Antunes, Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas), Flávio José, Genival Lacerda, Alcione, Toninho Ferragutti, Geraldo Azevedo, Dominguinhos e Zélia Duncan.

Por cinco anos consecutivos, Luiz Carlos Durier regeu a Orquestra Sinfônica da Paraíba e a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba em concertos comemorativos ao aniversário da cidade de João Pessoa junto a artistas brasileiros. No dia 5 de agosto de 2015, as orquestras paraibanas apresentaram concerto na inauguração do Teatro Pedra do Reino, no Centro de Convenções de João Pessoa, com a participação da cantora carioca Zélia Duncan.

No ano seguinte, a apresentação teve como destaque o cantor e compositor paraibano Zé Ramalho; em 2017, as atrações foram as cantoras paraibanas Cátia de França e Nathalia Bellar, e no ano passado, o também paraibano Chico César foi o destaque. No último dia 5 de agosto, o concerto em homenagem aos 434 anos de João Pessoa foi realizado na Praça do Povo do Espaço Cultural, seguido pelo show da banda Paralamas do Sucesso.

O solista - Lucas Andrade é integrante da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB), onde exerce a função de primeiro clarinetista solista, e é professor substituto na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, onde ministra aulas de clarineta. Iniciou seus estudos na Sociedade Filarmônica Amantes da Lira em Santo Antônio de Jesus, interior da Bahia, atuando como clarinetista, saxofonista e instrutor de bandas de música até o seu ingresso na universidade. Graduou-se bacharel em clarineta pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e obteve o título de Mestre em Performance Musical na mesma instituição.

O clarinetista participou de master classes com os professores Jorge Montilla (Venezuela), François Benda (Suiça), Sérgio Burgani (Brasil), Afonso Montanha (Brasil), Carlos Rieiro (Argentina/Brasil) e Jordi Pons (Espanha), e estudou harmonia funcional aplicada à música popular com os professores Ian Guest (Hungria/Brasil) e Victor Santos (Brasil), ambos no Curso Internacional de Verão da Escola de Música de Brasília.

Em sua trajetória, foi solista frente à Brasília Popular Orquestra e Orquestra Sinfônica da UFBA (premiação jovem solista em 2009), além de se apresentar em diversos grupos de música de câmara. Participou de diversas temporadas da Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) como clarinetista e claronista convidado. Atuou como professor de improvisação e foi um dos organizadores do I e II Encontro Paraibano de Clarinetistas (2015/2017). Em 2017, participou do XIX Festival Eleazar de Carvalho e do I Festival de Música de Santana do Matos, ambos como professor de clarineta, e este ano, foi um dos organizadores do I Encontro Potiguar de Clarinetistas.

OSPB nos Bairros – O projeto tem como objetivo levar a música para moradores de comunidades da Capital e de outras cidades do Estado. Em João Pessoa, o OSPB nos Bairros já levou a Orquestra Sinfônica da Paraíba a várias igrejas, a exemplo da São Francisco de Assis, em Mangabeira; Nossa Senhora Aparecida e Santíssima Trindade, no Valentina Figueiredo; Santíssima Trindade, no José Américo; São Francisco de Assis e Basílica de Nossa Senhora das Neves, no Centro; São José Operário, no bairro de Cruz das Armas, e Igreja do Rosário, em Jaguaribe. O projeto já esteve também nos municípios de Campina Grande, Sousa, Cajazeiras e Brejo do Cruz.   

Serviço
11º Concerto Oficial da Temporada 2019 da Orquestra Sinfônica da Paraíba
Regente: Luiz Carlos Durier
Solista:  Lucas Andrade (clarinete)
Dia: 21/11/2019 (quinta-feira)
Hora: 19h30
Local: Igreja Sant'Ana, R. José Lúcio dos Santos, bairro Funcionários II
Entrada gratuita