Notícias

Economista Zélia Almeida lança livro na Fundação Casa de José Américo

publicado: 19/11/2019 10h44, última modificação: 19/11/2019 10h48
19_11_19 Economista Zélia Almeida lança livro na FCJA (2).jpg

A economista e professora Zélia Almeida lança, nesta quarta-feira (20), às 19h, o livro “A Dor da Pobreza – Uma Dor de Mundo”, na Fundação Casa de José Américo, em João Pessoa. A apresentação escrita é do historiador Ramalho Leite, que também apresenta o evento. A obra tem comentários do historiador Joaquim Osterne Carneiro e Aline Sá e as orelhas são assinadas pelo antropólogo Carlos Alberto Azevedo.

19_11_19 Economista Zélia Almeida lança livro na FCJA (1).jpg“O estudo da economista Zélia Almeida tem uma abordagem quântica”, destaca Carlos Azevedo, atribuindo o feito à “uma herança talvez de seus estudos na conceituada Universidade de Viçosa (Minas Gerais), uma das melhores universidades da América Latina”.  E prossegue: “Não somente isso. Zélia como economista, tem outro lugar: um olhar quase antropológico, vê profundamente a cultura da pobreza. Seu olhar alcança todo sistema social do Brejo, como um todo, integrado: não separa as relações arcaicas de produção, ainda hoje existentes, da produção das formas atuais”.

Já Ramalho Leite destaca que “a professora Zélia Almeida consegue ensinar economia romanceando seus meandros pelas serras encobertas de cana-de-açúcar do Brejo da Paraíba”.

Na ocasião, o Conselho Regional de Economia fará diversas homenagens, inclusive à própria Zélia Almeida, em reconhecimento público pela passagem dos 50 anos como graduada em Ciências Econômicas na UFPB e idealizadora do Prêmio de Economia Professor Celso Furtado e da outorga da Medalha Celso Furtado.