Notícias

FUNDAC DISCUTE CONVÊNIO COM A UEPB PARA DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES SOCIOEDUCATIVAS

publicado: 15/01/2020 12h01, última modificação: 15/01/2020 12h01
1 | 6
2 | 6
3 | 6
4 | 6
5 | 6
6 | 6
REUNIÃO-UEPB-E-FUNDAC-2 (1).jpg
REUNIÃO-UEPB-E-FUNDAC-3 (1).jpg
REUNIÃO-UEPB-E-FUNDAC-4 (1).jpg
REUNIÃO-UEPB-E-FUNDAC-4.jpg
REUNIÃO-UEPB-E-FUNDAC-5.jpg
81995378_2698395100251735_3088017499401224192_n (1).jpg

Estabelecer parceria entre a Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac) e a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) para a execução de uma série de ações voltadas à socioeducação do Estado. Este foi o principal tema de reunião mantida pelo presidente da Fundac, Noaldo Belo de Meireles, com o reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), professor Rangel Junior.

A reunião aconteceu no gabinete da Reitoria da UEPB, no Campus de Bodocongó, em Campina Grande, e contou também com a presença do pró-reitor de Extensão da Universidade, professor José Pereira; do diretor do Lar do Garoto, Antônio Luiz de Sousa, e da diretora técnica da Fundac, Waleska Ramalho. O convênio visa à abertura de campo de estágio para alunos dos cursos de Pedagogia, Psicologia, Educação Física e Direito da UEPB nas unidades socioeducativas vinculadas à Fundac, bem como a oferta de curso de formação para os profissionais que atuam no sistema socioeducativo paraibano.

Segundo Noaldo Meireles, a oferta de estágios é uma prática que está sendo retomada, uma vez que existe uma demanda da Fundac e há o interesse da UEPB em criar mais oportunidades de qualificação profissional para seus alunos. Com relação à oferta do curso de formação para os profissionais do sistema socioeducativo em meio aberto e fechado, ele explicou que a ideia é ofertar, inicialmente, uma Especialização em Socioeducação, de modo que as pessoas que atuam no sistema ampliem sua qualificação profissional e prestem um serviço ainda mais efetivo.

“Temos observado o papel da academia na formação de futuros profissionais para a política de socioeducação. Nesse contexto, temos uma Escola Nacional de Socioeducação, que ministra, através da UNB, formações de curto período. A nossa proposta é avançar nesse processo e construir, junto a UEPB, a primeira Escola Estadual de Socioeducação com especialização e mestrado”, explicou Waleska Ramalho.

Durante a reunião, o reitor Rangel Junior afirmou que a UEPB dará todo o apoio para que a parceria se inicie o mais breve possível, pois se trata de uma ação necessária, que beneficia os alunos da Instituição, os profissionais das unidades socioeducativas da Paraíba, bem como a sociedade paraibana como um todo, pois reflete na prestação de um serviço mais eficaz e fundamental para a reinserção de jovens na sociedade, com maior possibilidade de se obter resultados positivos, afastando os adolescentes de situações de vulnerabilidade social.

“Com esse objetivo de estágio, a Universidade Estadual da Paraíba abre um leque de oportunidades para ambas as partes, tanto para a academia, quanto para a Instituição. Nós temos sim como contribuir com ambos os projetos propostos pela Fundac. Temos tudo para abrir novos caminhos e fazer valer essas propostas que acredito serem perfeitamente possíveis”, disse o reitor da UEPB.