Notícias

´JOGOS SOCIOEDUCATIVOS RECOMEÇAR' SE ENCERRAM NA CAPITAL

publicado: 13/11/2019 16h38, última modificação: 13/11/2019 16h56
Equipe Cej primeiro lugar.jpg

 A  Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente ‘Alice Almeida-Fundac por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), encerrou os “Jogos Socioeducativos Recomeçar” no ginásio do Centro Socioeducativo Edson Mota (CSE), em Mangabeira. A equipe vencedora do certame foi a do Centro Educacional do Jovem (CEJ). O segundo lugar ficou com a equipe do CSE e o terceiro com a do CEA/JP. A unidade feminina Rita Gadelha não disputou a final devido não ter outras unidades femininas. A participação entre as meninas ficou nas partidas de vôlei, tênis de mesa e atletismo.

As competições aconteceram em todos os centros de internação ao longo da última semana. Foram varias equipes montadas entre 215 jovens e adolescentes que disputaram nas modalidades de futsal, futebol de campo, atletismo, xadrez, vôlei e cabo da paz. O presidente da Fundac, Noaldo Meireles parabenizou participantes, professores e técnicos envolvidos neste certame que reuniu cerca de 200 pessoas.

O coordenador do eixo esporte cultura e lazer da Fundac, Nilton Santos disse que a socioeducação marcou um belíssimo gol, digno de um grande troféu. “Todos nós somos vencedores dos Jogos Socioeducativos Recomeçar, socioeducandos e trabalhadores do sistema socioeducativo em geral. Foi um trabalho de muitas mãos e corações”, declarou. Ele destacou que “ver o sorrisão e a expressão de dignidade na face dos socioeducandos não tem preço”.

Os Jogos Socioeducativos Recomeçar reafirmaram uma mensagem positiva de incentivo aos esportes para os socioeducandos, através do conceito de cultura de paz na convivência lúdica e recreativa. As equipes do Lar do Garoto, do CEA/Sousa e Semiliberdade ficaram em quarto, quinto e sexto lugar, respectivamente. Os vencedores receberam medalhas.

Participaram da solenidade de encerramento direção da Fundac, Luiz Gonzaga da Sejel,direções de unidades socioeducativas, direção da Escola Integral Socioeducativa Almirante Saldanha, coordenadores de segurança, pedagógicas, agentes, professores, entre outros.