Notícias

Penitenciárias terão sistemas de videoconferência e reforço no monitoramento por câmeras

publicado: 19/03/2020 09h43, última modificação: 19/03/2020 11h01
1 | 3
2 | 3
3 | 3
sergio fonseca.jpeg
secretario.jpeg
coronel.jpeg

 O governador João Azevêdo realizou nesta quarta-feira (18) na Granja Santana, duas importantes reuniões que resultaram em duas medidas eficientes: a implantação de sistemas de videoconferência nas unidades prisionais do Estado, em parceria com o Tribunal de Justiça, e, termo de acordo para implantação de sistemas de monitoramento na Paraíba.

O secretário da Administração Penitenciária, Sérgio Fonseca, participou com outros secretários dos dois momentos.  Ele afirmou que o sistema de videoconferência é uma prioridade da gestão. “A videoconferência será fundamental para o sistema prisional, principalmente nesse momento de enfrentamento ao coronavírus, evitando o deslocamento dos presos aos fóruns”.

 De acordo com Sérgio Fonseca “as grandes unidades do sistema penitenciário receberão essas salas para que a gente possa fazer a audiência dentro do próprio presídio. Quem estiver preso em cadeias menores será deslocado para as unidades mais próximas, reduzindo a distância e nos próximos dias deveremos ter novidades sobre essas instalações”, explicou.

Já o termo de acordo para monitoramento na área de segurança pública, que terá investimentos de 100 milhões de reais, vai garantir a construção de Centros Integrados de Comando de Controle (CICC), em João Pessoa, Campina Grande e Patos. Serão instaladas 1.600 câmeras de monitoramento e implantadas 1.200 conexões de dados de captura de imagens, com a inclusão de recursos que permitam a leitura de placas, reconhecimento facial, contagem de pessoas e alerta por movimentação de objeto em sentido não permitido; além do desenvolvimento de softwares para órgãos do governo.

O Termo de Acordo de Regime Especial (Tare) com a empresa Brisanet Serviços de Telecomunicações, que resultará em investimentos superiores a R$ 100 milhões na implantação de sistemas de monitoramento e controle em todo o Estado, contemplará as Secretarias da Segurança e Defesa Social; Administração Penitenciária; Educação, Ciência e Tecnologia; e Fazenda; Polícias Militar e Civil; e Departamento Estadual de Trânsito (Detran). 

 

Fonte: Secom/PB