Notícias

Secretaria de Educação inicia Programa Ouse Criar 2021

publicado: 09/06/2021 14h34, última modificação: 10/06/2021 07h11
1 | 4
2 | 4
3 | 4
4 | 4
WhatsApp Image 2021-06-09 at 14.13.25.jpeg
WhatsApp Image 2021-06-09 at 14.13.37.jpeg
WhatsApp Image 2021-06-09 at 14.13.14.jpeg
WhatsApp Image 2021-06-09 at 14.15.05.jpeg

A Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia (SEECT) divulgou nessa terça-feira (08), em evento remoto transmitido pelo canal da Secretaria de Educação no Youtube, o edital da primeira fase do Programa de Educação para Inovação e Empreendedorismo ‘OUSE CRIAR’, edição 2021. O objetivo é selecionar estudantes da 1ª série do Ensino Médio da Rede Pública Estadual, para formar equipes e participarem por meio da segunda maratona (hackathon) virtual. A primeira fase do programa será dividida em três etapas: Escola, Regional e Estadual. 

Desenvolvido pela SEECT por meio da Secretaria Executiva da Ciência e Tecnologia,  e da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq), o Programa Ouse Criar visa estimular o desenvolvimento de jovens empreendedores e conduzir os estudantes à atividade de empreendedorismo atrelada à responsabilidade social e sustentável.  A live contou com a participação do Secretário da SEECT, Claudio Furtado, o Secretário Executivo da Ciência e Tecnologia (SEC&T), Rubens Freire, da Gerente Operacional de Estudo, Projetos e Programas da SEC&T, Edna Sabino, e da Pedagoga Wanessa Moreira.

O programa é aplicado em etapas iniciando nas escolas, com a formação de equipes que terão o desafio de analisar os problemas sociais locais à luz de eixos temáticos propostos no edital do programa e propor soluções. Em seguida, haverá uma seleção interna com três avaliadores para selecionar as 10 equipes que irão representar a gerência na etapa estadual. Essas equipes (num total de 490 estudantes) passarão pelas trilhas Ouse Criar de forma a se prepararem para avançar à próxima etapa, a Maratona Ouse Criar, (a hackathon), da qual serão selecionados 20 projetos que serão encaminhados à etapa final. As trilhas terão início em setembro e serão realizadas em datas diferentes em cada Gerência, durante dois dias.

A etapa ‘Escola’ teve início no dia 09 de junho e vai até o dia 05 de julho para as formações das equipes. Será uma equipe por escola, formada por três a cinco estudantes e um professor mentor.  De acordo com Edna Sabino, espera-se que cerca de 700 estudantes sejam envolvidos nas atividades, além de professores mentores e orientadores. 

Todos os times devem expor seus argumentos e ideias para a participação, de acordo com os eixos direcionados para suas GREs, conforme Tabela publicada no edital disponível em http://fapesq.rpp.br/editais/editais-abertos/edital-ouse-criar-2021-retificado-em-09-06-2021.pdf/view.

Os eixos propostos no edital são: Soluções governamentais; Inovação e desenvolvimento regional; Tecnologias sociais; Tecnologias educacionais. Enquanto a edição de 2021 inicia, a de 2020 avança. Ao todo, 69 projetos chegaram à etapa da Maratona Ouse Criar, com cerca de 300 estudantes envolvidos e os 20 projetos selecionados estão em pleno desenvolvimento. 

 

O Secretário da Educação e da Ciência e Tecnologia, Cláudio Furtado, lembrou que “Quando se falava em sonho ou em projeto de vida dos estudantes, era comum ver que a trajetória desse sonho passava pela universidade. Mas para isso o estudante precisa concluir o Ensino Médio. É como se o sonho precisasse ficar aguardando o tempo para ser realizado. Com o Programa Ouse Criar, o sonho daqueles estudantes que têm uma mente atenta para as necessidades sociais e do bem estar comum e criativa para buscar soluções para suprir essas necessidades, resolver situações. Esse sonho é realizado no tempo em que o adolescente, o jovem, está propício a isso. O programa traz amadurecimento ao jovem através do empreendedorismo, dentro daquele conceito de que empreender é uma jornada até a conquista desse sonho”. 

O Secretário Executivo da Ciência e Tecnologia, Rubens Freire, destacou na live que o Ouse Criar poderá vir a ser um paradigma, um modelo para o Brasil em Educação. “O Ouse Criar visa transformar a vida do estudante secundário na construção de uma nova cidadania onde valores éticos e morais sejam extremamente fortes e que reconheça a alteridade, reconheça o outro, as diferenças”.