João Pessoa
Feed de Notícias

X Parada da Diversidade Sexual alerta para altos índices de violência

segunda-feira, 7 de novembro de 2011 - 02:37 - Fotos: 

Com o objetivo principal de promover os direitos humanos, a X Parada da Diversidade Sexual da Paraíba mobilizou mais de 15 mil pessoas na orla de João Pessoa, nesse domingo (6). O evento também fez um alerta para os altos índices de violência contra travestis, transexuais,  gays, lésbicas e bissexuais (LGBT) no Estado, considerando o número de 19 crimes homofóbicos este ano, segundo dados divulgados pelo Grupo Gay da Bahia (GGB). Alguns desses crimes ficaram bem conhecidos pela sociedade paraibana, como o caso de Marx Nunes Xavier, assassinado ao defender um homossexual na praia de Jacaré, em Cabedelo.

A Parada da Diversidade Sexual é uma manifestação política e cultural do movimento LGBT em todo o País, que tem como a principal estratégia a promoção da visibilidade e a ocupação do espaço público com as cores da diversidade sexual. A Parada contou com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana (SEMDH), e da Prefeitura Municipal de João Pessoa, pela Assesoria de Políticas Públicas para Diversidade Humana. A SEMDH fez divulgação do Espaço LGBT, distribuindo camisetas e material informativo.

Cinco trios elétricos acompanharam o trajeto da parada. No palco principal, montado no Busto de Tamandaré, os destaques foram as apresentações da cantora Val Donato e Diana Miranda, das Bandas Osorno e Brasilis e, ainda, shows com drags queens e transformistas e perfomance do DJ Well e DJ Pedro. A X Parada da Diversidade Sexual da Paraíba teve como organizadores o Fórum LGBT da Paraíba; Movimento do Espírito Lilás (MEL); Grupo de Mulheres Lésbicas e Bissexuais Maria Quitéria; Associação de Travesti e Transexuais da Paraíba (Astrapa) e Comissão da Diversidade e de Direito Homoafetivo da OAB-PB.