Fale Conosco

1 de agosto de 2013

Wallber Virgolino solicita porte de arma para agentes penitenciários



O secretário da Administração Penitenciária da Paraíba, Wallber Virgolino, entregou ao Conselho Nacional de Secretários de Estado de Justiça, Cidadania, Direitos Humanos e Administração Penitenciária (Consej), em Brasília para entregar, um ofício solicitando a aprovação do porte de arma para agentes penitenciários também fora de serviço.

No documento, Wallber Virgolino argumenta que a função já foi classificada por vários institutos de pesquisa como a segunda mais perigosa do mundo, o que já justifica a concessão do porte de arma. O secretário expôs no ofício que os agentes precisam estar seguros nas ruas e em suas residências, tendo em vista os riscos que correm após deixarem os postos de trabalho.

De acordo com o secretário, a concessão do porte é uma forma de reconhecer a importância do trabalho exercido pelos profissionais da área. “Busca-se, com isso, valorizar o servidor do Sistema Penitenciário, possibilitando mais segurança e proteção quando não estiver em horário de trabalho e enfrentar situações de perigo iminente”, afirma no ofício.

Wallber aproveitou a oportunidade para apoiar o movimento pacífico realizado por agentes penitenciários de todo o país, em frente à Esplanada dos Ministérios, onde a bandeira da Paraíba se juntou às dos demais estados brasileiros, na reivindicação pelo direito ao porte de arma fora de serviço.