Fale Conosco

1 de fevereiro de 2012

Voluntários do Hospital de Trauma oferecem conforto a pacientes



Pensando em criar um ambiente mais humano, o Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, oferece aos pacientes, acompanhantes e funcionários, o serviço de Capelania. Destinado a prestar auxílio espiritual, o serviço promove visitas diárias dos voluntários ajudando aos pacientes a enfrentarem situações de dor e sofrimento.

A Capelania Hospitalar é um trabalho sem fins lucrativos de solidariedade humana com ênfase no apoio mútuo e no amparo espiritual aos familiares e pacientes e, quando necessário, aos profissionais de saúde.

Para esse trabalho, o Hospital de Trauma disponibilizou um espaço exclusivo para aconselhamento e orações, onde os voluntários podem se reunir e oferecer auxílio aos usuários da instituição. “É um lugar para meditação e orações, um espaço social para o encontro de várias pessoas que estão passando por situações similares,” explicou o coordenador da capelania, Werton Freire.

Missas, cultos e celebrações ecumênicas são realizados nas quartas e sextas-feiras, já as visitas às enfermarias são diárias. “Todos os dias os voluntários da capelania visitam os pacientes, levando palavras de encorajamento e amor”, relata Werton Freire.

O estudante Ruan Diego, de 18 anos, que está internado há duas semanas no Hospital, ressaltou que se sente muito sozinho, mas que com a ajuda dos voluntários ele está conseguindo superar seus temores. “É muito bom receber a visita do pessoal da capelania. Eles conseguem acalentar nossa alma com palavras e orações”.

Como participar – Para fazer parte do programa de capelania do Trauma, o voluntário deve procura o setor na unidade de saúde, preencher um cadastro e passar por um treinamento teórico e prático.  “O capelão deve ser uma pessoa capaz de ouvir e guardar sigilo de todas as relações estabelecidas com o paciente e sua família,” finaliza, explica o coordenador.