João Pessoa
Feed de Notícias

Voluntários da saúde realizam mais de mil atendimentos no Renascer III

quarta-feira, 28 de março de 2012 - 16:00 - Fotos:  Secom-PB

Nesta quarta-feira (28), o Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena promoveu mais uma etapa do  projeto “Saúde sem Fronteiras”. A ação social foi realizada na sede do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), que fica na comunidade Renascer III, município de Cabedelo.

O evento foi realizado em parceria com duas faculdades privadas e contou com a participação de mais de 50 profissionais, divididos entre médicos, nutricionistas, técnicos de enfermagem e de laboratório, enfermeiros, fisioterapeutas e voluntários.

Durante toda a manhã, os profissionais realizaram mais de mil atendimentos, como exames de glicemia, aferição de pressão arterial, avaliação nutricional, eletrocardiogramas e exames clínicos, além de atividades lúdicas para crianças e adolescentes e distribuição de preservativos.

Para o clínico geral Galileu Machado, o projeto “Saúde sem Fronteiras”, é eficaz na aproximação da comunidade com os funcionários do Hospital de Trauma. “Além disso, o trabalho social voluntário tem o poder de transformar a vida de quem participa, tendo em vista que nos coloca de frente com a realidade do outro, permitindo uma reflexão de diversos valores”, disse.

Os voluntários demonstraram satisfação ao ver a alegria das pessoas que foram atendidas. “Participar de uma ação social faz com que lembremos que somos mais do que simples profissionais, somos responsáveis pela vida. Ver o contentamento e a alegria no rosto dessas pessoas é algo que não tem preço”, disse a bioquímica Giovana Rodrigues.

Para a moradora Maria José Luciano, que passou por todos os stands montados no evento, o projeto foi muito oportuno. “Sei que muitos vieram de longe para atender a gente nesta manhã, e fico muito grata. Somos uma comunidade carente de tudo, precisamos de mais iniciativas iguais a essa”, ressaltou.