João Pessoa
Feed de Notícias

Videoconferência com ministro discute mobilização contra o Aedes aegypti em todo país no dia 2 de dezembro  

quarta-feira, 23 de novembro de 2016 - 17:15 - Fotos: 

Uma videoconferência com o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, nesta quarta-feira (23) à tarde, reuniu todos os estados da federação para tratar dos detalhes da grande mobilização nacional contra o mosquito Aedes aegypti, que ocorrerá no próximo dia 2 de dezembro. Na Paraíba, a abertura oficial será no município de Serraria, onde está programada uma série de atividades durante todo o dia. Participaram da videoconferência técnicos da Secretaria de Estado da Saúde e representantes das Secretarias de Estado da Educação e do Desenvolvimento Humano; do Cosems; do Exército Brasileiro e da Defesa Civil do Estado.

“Esta videoconferência é um momento muito importante de alinhamento das ações de combate ao mosquito, que vem ocorrendo em todo país, com troca de experiências e aproveitamento de ideias exitosas adotadas por outros estados”, disse a gerente executiva de Vigilância em Saúde da SES, Renata Nóbrega.

Durante a videoconferência, Renata informou que na Paraíba, por meio de uma parceria com o Exé
rcito, foram iniciadas nessa terça-feira (22) capacitações para soldados de quatro batalhões. Na capital, serão 25 homens do Grupamento de Engenharia (dias 22 e 23) e 50 do 15º RI, em Cruz das Armas (dias 29 e 30); de Bayeux, serão 60 homens, do 16º RCMec (dias 24 e 25) e 30 homens do 31º Batalhão, de Campina Grande (dias 28 e 29). As qualificações vão até o dia 30 de novembro. Em todas elas, no primeiro dia, ocorrerá a parte teórica e no segundo, a simulação de campo.

A ação nacional será coordenada pelo Ministério da Saúde e o Governo da Paraíba, por meio de diversas Secretarias e outras instituições estaduais, está se preparando para participar da atividade que deve envolver, inicialmente, os trabalhadores, num momento de discussão e sensibilização, por 10 a 15 minutos, sem paralisação das atividades e ainda uma vistoria nos ambientes internos e externos de todos os espaços públicos das três esferas de governo (federal, estadual e municipal).

Renata lembra que a ação nacional é semelhante à outra iniciada pelo Governo do Estado em dezembro de 2015. “De acordo com o Plano Estadual de Combate ao Aedes, foi instituído o “dia da faxina”, no qual todas as quartas-feiras, os órgãos estaduais promoviam, entre seus trabalhadores, uma vistoria com o objetivo de eliminar criadouros do mosquito”, disse.

Além da participação das instituições, é importante o envolvimento da população, que deve fazer a sua parte, descartando todos os objetos que venham a ser criadouros, evitando o nascimento e a proliferação do mosquito.