Fale Conosco

9 de junho de 2015

Vice-governadora participa da Conferência Internacional do Trabalho na Suíça



A vice-governadora Lígia Feliciano iniciou nessa segunda-feira (8), em Genebra, na Suíça, a sua participação na 104ª Conferência Internacional do Trabalho que nesta edição tem como um dos seus principais temas a transição da economia informal para a formalidade. O encontro é promovido pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), organismo das Nações Unidas.

Nesta terça-feira (9), o ministro do Trabalho e Emprego Manoel Dias, chefe da delegação brasileira, fará pronunciamento a todos os integrantes da OIT no sentido de apoiar uma recomendação da ONU, que, quando aprovada, se constituirá em novo marco para a adoção de programas de combate a informalidade em todo o planeta, segundo informou o ministro brasileiro.

“O Brasil e a Paraíba vem praticando uma política nesse sentido. Vamos apoiar a OIT numa grande campanha que visa melhorar a qualidade do emprego dos trabalhadores do Brasil e do mundo. No tema “Pequenas e Médias Empresas”, a Paraíba tem muito a contribuir com a experiência exitosa do Programa Empreender, implantado pelo governador Ricardo Coutinho na prefeitura de João Pessoa e no Governo do Estado”,  ressaltou Lígia Feliciano.

Outros temas de destaque na conferência são “A Criação de Emprego Decente e Produtivo”, “Proteção Social dos Trabalhadores” e “Dar Voz aos Trabalhadores Rurais”. O Brasil conta com uma delegação tripartite, formada por representantes do setor público, de empregadores e dos trabalhadores.

Órgão supremo de decisão da OIT, a Conferência Internacional do Trabalho reúne-se a cada ano, sempre no mês de junho, em Genebra, e congrega as delegações tripartites dos 185 países-membros. O Brasil integra também o Conselho de Administração da OIT, que conta com representantes das dez maiores economias do planeta.

A 104º Conferência Internacional do Trabalho teve início em 1º de junho e continua até o dia 13 deste mês, com uma agenda que inclui, nesta quarta feira (10), a Reunião de Revisão da Cooperação Sul-Sul/Brasil-OIT e o almoço com ministros dos Brics. Na quinta-feira (11), haverá a Cúpula sobre o Mundo do Trabalho e, na sexta-feira (12), além da votação da Recomendação da OIT sobre informalidade, haverá uma cerimônia pelo Dia Mundial contra o Trabalho Infantil. Na oportunidade, acontecerão Reuniões Bilaterais com Equador, Portugal e Coreia do Sul.