João Pessoa
Feed de Notícias

Vice-governadora discute formação de parcerias com o diretor mundial da Google Educação

quarta-feira, 2 de setembro de 2015 - 12:58 - Fotos:  Secom-PB

A vice-governadora Lígia Feliciano e o secretário de Estado da Educação, Aléssio Trindade, se reuniram, na manhã desta quarta-feira (2), com o diretor mundial da Google Educação, Bram Bout, para discutir a formação de novas parcerias para o desenvolvimento da educação paraibana. Na ocasião, foi assinada uma carta de intenções. Ainda participaram do encontro, que aconteceu no Palácio da Redenção, em João Pessoa, a secretária da Ciência e Tecnologia, Francilene Garcia, e o presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa da Paraíba (Fapesq), Cláudio Furtado, entre outros.

Na ocasião, a vice-governadora afirmou que o Estado vive um momento muito favorável a parcerias na área da educação. “O Governo do Estado tem como foco de desenvolvimento para a Paraíba um investimento sério na educação, melhorar cada vez mais a qualidade de ensino, qualificar os nossos professores, promover o ensino profissionalizante. Por isso, ampliar as parcerias que já temos com uma empresa de renome internacional como a Google Educação é uma honra e, acima de tudo, um reconhecimento de que estamos no caminho certo”, disse.

O secretário de Estado da Educação, Aléssio Trindade, fez um balanço positivo do encontro. “Essa reunião teve como objetivo mostrar os resultados que estamos tendo com o Google Classroom, aplicativo que integra o Google for Education. Nós também mostramos um conjunto de intenções para que possamos avançar ainda mais na melhoria da educação paraibana por meio de parcerias com a Google, investindo no empreendedorismo, no ensino profissional. Um Estado que tem experiências fabulosas na área da educação, como o Prima [Projeto de Inclusão através da Música e das Artes] tem condições plenas de alçar voos ainda maiores nesse campo”, disse.

O diretor mundial da Google Educação, Bram Bout, afirmou que as parcerias que deverão ser formadas com a Paraíba trarão bons resultados. “O grande objetivo da Google é, em conjunto com o Estado, estimular ainda mais o papel da educação na Paraíba. Percebo que é um estado com forte interesse em encorajar e estimular a educação e, por isso, terá todo o nosso apoio”, destacou. “Temos um conjunto de ferramentas que temos condições plenas de desenvolver juntos, assim como incentivar a tecnologia de forma responsável nas escolas”, pontuou.

Ao término da reunião, foi assinada uma carta de intenções pelo secretário de Estado da Educação. Entre os pontos estão as ações de empreendedorismo e de criação de empresas de tecnologia no Estado com o apoio da Google. “Mesmo com o cenário delicado, a Paraíba tem mantido o equilíbrio das contas públicas, tem investido num setor importantíssimo, que é a educação, com ampliação e reformas de escola, evoluindo a concepção da educação. Portanto, temos a certeza de que todos esses objetivos têm total viabilidade”, ressaltou.

O que é – O Google Sala de Aula foi desenvolvido para ajudar aos professores a fazer aulas mais atrativas, criar e receber tarefas sem usar papel, além de muitos outros benefícios. A Paraíba é o primeiro Estado do Nordeste a firmar parceria com o Google para que alunos, professores e funcionários da rede estadual de ensino tenham acesso a um conjunto de ferramentas para utilização no processo de ensino-aprendizagem. A ideia é que os alunos passem a usar mais ferramentas online no processo ensino-aprendizagem, inclusive criando, interagindo com os professores e colegas.

A sala de aula virtual do Google foi lançada na Paraíba no dia 21 de agosto e está sendo implantada na rede de ensino da Paraíba. Alunos e professores recebem login e senha na escola onde trabalham, estudam e têm acesso a todos os aplicativos, inclusive a sala virtual (A Paraíba na maior sala de aula do mundo), onde está o desafio que vai sortear prêmios para alunos e professores.