João Pessoa
Feed de Notícias

Vice-governadora abre Semana Nacional do Trânsito na Capital

segunda-feira, 18 de setembro de 2017 - 15:55 - Fotos:  Júnior Fernandes/ Secom PB

A vice-governadora Lígia Feliciano abriu, nesta segunda-feira (18), a Semana Nacional do Trânsito, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural José Lins do Rêgo, no bairro de Tambazinho, em João Pessoa. Comemorada anualmente no período de 18 e 25 de setembro, a campanha este ano tem como tema: “Nós somos o trânsito”, e o objetivo é conscientizar a população sobre a responsabilidade no trânsito.

Para Lígia, o envolvimento de todos tem extrema importância para reduzir os desastres de trânsito. “Todos precisam estar envolvidos na luta pela diminuição dos índices de acidentes, que se tornam cada vez mais alarmantes. 90% dos acidentes ocorrem por falta de atenção e imprudência. A sociedade precisa se unir para mudar essa triste realidade”, destacou a vice-governadora.

A programação da Semana Nacional do Trânsito vai percorrer várias regiões do Estado. “O propósito é unir toda a sociedade para que a gente acorde para essa guerra que não tem lado, e que atinge a todos nós: seja quem anda de automóvel, quem anda de moto, o pedestre, todos precisam fazer seu papel para tornar o trânsito menos violento”, disse  o superintendente do Detran-PB, Agamenon Vieira.

A chefe da Divisão de Educação de Trânsito, Abimadabe Vieira, destacou a prevenção como desafio para todos:  “Nosso objetivo é fazer um grande chamado à sociedade paraibana para que se juntem a nós na prevenção da violência do trânsito, não só nesta semana, mas durante todo o ano, com o objetivo de salvar vidas”.

O evento contou com a participação do presidente da Associação Nacional dos Detrans e presidente do Detran de Alagoas, Antônio Carlos Gouveia. “São milhares de pessoas que morrem em todo o Brasil vítimas do trânsito. Mudar essa estatística é um grande desafio. A Paraíba está fazendo o seu papel, trazendo esse tema para discussão e buscando o apoio de toda a sociedade”, ressaltou.