João Pessoa
Feed de Notícias

Vice-governadora abre Feira de Mulheres Artesãs da Paraíba

quinta-feira, 26 de março de 2015 - 11:37 - Fotos:  Roberto Guedes/Secom-PB

O Governo do Estado, em parceria com o Centro de Apoio à Criança e ao Adolescente (Cendac), abriu, nessa quarta-feira (25), a 4ª Feira de Mulheres Artesãs da Paraíba. O evento acontece no pátio da PBTur, na orla de Tambaú, em João Pessoa. A vice-governadora Lígia Feliciano participou da solenidade de abertura. “Esse é um espaço importante para que a mulher paraibana mostre seu valor e o que sabe fazer de melhor”, ressaltou Lígia.

Ela ainda destacou que o Governo do Estado tem um olhar especial voltado às mulheres através de incentivos oferecidos como o Circuito do Artesanato Paraibano, que ocorre paralelamente em shoppings da Capital e de Campina Grande. “Eu senti uma alegria enorme ao visitar cada artesão e poder ver, de perto, o poder de transformação quando a mulher, através do seu conhecimento, consegue produzir peças desde as mais delicadas até as mais grandiosas. Eu tenho no meu coração a missão de representar cada profissional, ser parceira e amiga”, comentou Lígia.

A presidente do Cendac, Valquíria Alencar, agradeceu o empenho de todos os envolvidos na realização da feira. “Muitos dos participantes são oriundos dos próprios cursos oferecidos pela entidade e agora já podemos pensar na próxima edição do evento, com um número maior de expositores”, pontuou. Ela também disse que o sucesso do evento se deve ao empenho do Governo do Estado, que promoveu a qualificação de mulheres em cursos profissionalizantes e lembrou que a Feira foi criada para celebrar o ‘Mês da Mulher’ e ajudar na autonomia econômica das que vivem do artesanato.

O secretário de Estado da Administração Penitenciária, Wagner Dorta, visitou o evento onde os trabalhos das reeducandas do Presídio Júlia Maranhão são comercializados.  “É uma demonstração clara que estamos cumprindo as normas de execuções penais, que diz que as reeducandas têm que trabalhar e se reintegrar à sociedade.  Essa atividade da produção de bonecas estimula a apenada a retornar ao seio da sociedade e ter uma oportunidade de trabalho”, frisou Dorta.

Para a turista e designer pernambucana Tereza Lopes, a feira tem uma localização excepcional e traz uma diversidade de produtos que mostra a identidade cultural do artesão. “Sou pesquisadora e estou encantada com o artesanato daqui. Não são apenas peças utilitárias ou decorativas, são peças com histórias únicas, muitas vezes de fabricação exclusiva. Isso faz todo diferencial na hora de escolhermos e levarmos para casa”, parabenizou.

Na Feira, ainda é possível encontrar comidas típicas como tapioca, cocada, melaço, bolos, comidas naturais e até licores caseiros. Como os de dona Belijane Bernardino, de Guarabira, e Maria José, de Campina Grande. “São 50 anos fazendo licores especiais, finos e cremosos, da fruta verdadeira. Tem de abacaxi com leite, jabuticaba, oliveira, menta com leite condensado, morango, uva-passa e muitos outros. Vendo bastante e espero ter o retorno nesta Feira que já começou animada e com muitos turistas nos visitando e elogiando nosso trabalho”, comemorou Belijane.

Apesar da feira ser das Mulheres Artesãs, um homem tem ganhado destaque entre elas. É o trabalho de Antônio Gomes, mais conhecido por Tony. Funcionário do Cendac há 6 anos, ele começou na instituição como orientador e agora participa de todas as edições com suas caixas decorativas e personalizadas. “Sou muito detalhista e capricho em tudo que faço. Tenho porta-joias, caixas para vinhos, chocolates, sabonetes e produzo o que me pedirem sob encomenda. Dá para tirar uma grana extra e complementar o salário”, comemorou.

A feira reúne trabalho de 200 artesãs de 40 cidades da Paraíba. Os visitantes poderão conferir uma variedade de trabalhos confeccionados em algodão colorido, fios, madeira, renda labirinto e renascença, batique, escama de peixe, cipó, arte provençal, cerâmica, caixas decorativas, biojoias, entre outros. O evento funciona das 12h às 22h e no sábado (28) até às 14h. A entrada é gratuita.

A alegria e animação da abertura do evento contou ainda com a participação musical da repentista paraibana Maria Soledade e do forrozeiro Bira Delgado. Também marcaram presença o Secretário de Estado da Juventude, Esporte e Lazer, Tibério Limeira; Sandra Marrocos, presidente da Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente Alice Almeida (Fundac); Gilberta Soares, secretária de Estado da Mulher e Diversidade Humana; Agamenon Vieira, secretário executivo da Administração Penitenciária; Tavinho Santos, diretor de Operações da Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa), Cinthia Almeida,  diretora do Presídio Feminino Júlia Maranhão, além de representantes da PBPrev e Delegacia da Mulher.

A primeira edição da Feira, em 2011, contou com 70 expositoras de 18 municípios. Além do apoio do Governo do Estado, o Cendac também conta com a parceria das prefeituras municipais das cidades participantes.