Fale Conosco

11 de abril de 2012

Vice-governador pede ajuda à Anvisa para controlar praga da cochonilha



O vice-governador da Paraíba, Rômulo Gouveia, participou de uma importante reunião com o diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), José Agenor, na manhã desta quarta-feira (11). No encontro foram discutidas medidas de controle à cochonilha do carmin, uma praga que ataca a palma forrageira, usada na alimentação de animais, principalmente de rebanhos bovinos e caprinos.

O combate a essa praga envolve a Federação de Agricultura e diversos setores econômicos do Estado. A praga é agressiva e destrói pastos inteiros, prejudicando a produção agropecuária. O foco da ação governamental é evitar a propagação do inseto até dizimá-lo. “A Anvisa tem tecnologias avançadas nessa área e, principalmente, de forma que não prejudique a população. Temos uma responsabilidade também com a saúde pública. Faremos tudo que estiver ao nosso alcance para acabar com a praga e manter a saúde do nosso povo”, afirmou o vice-governador.

Dentro desse contexto e orientado pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro, os setores produtivos estiveram reunidos com a diretoria da Anvisa para avaliar as alternativas dentro do período de seca.

Para Rômulo Gouveia, o órgão tem excelentes métodos que podem definitivamente acabar com o inseto: “A situação pede urgência. A praga tem afetado diretamente o setor da agricultura no Estado”, alertou.

A Anvisa prometeu um estudo aprofundado nas questões que envolvem as plantações da Paraíba e, o mais rápido possível, irá apresentar as alternativas viáveis aos órgãos estaduais.