João Pessoa
Feed de Notícias

Vice-Governador de Sergipe destaca temas estruturantes para o Nordeste

terça-feira, 9 de dezembro de 2014 - 18:55 - Fotos:  Francisco França / Secom-Pb

“Este encontro teve o grande objetivo de criar uma agenda positiva para o Nordeste, que precisa continuar crescendo”. Foi assim que o vice-governador do Estado de Sergipe, Belivaldo Chagas Silva (PSB), iniciou o seu discurso na plenária do Encontro dos Governadores Eleitos do Nordeste, no Centro de Convenções, em João Pessoa. Ele cumprimentou os presentes, representando o governador eleito do seu Estado, Jackson Barreto, e lembrou quando esteve em outras oportunidades na Paraíba, ao lado do saudoso ex-governador de Sergipe, Marcelo Deda.

O vice-governador falou sobre a necessidade de maiores investimentos em áreas estruturantes. “Quero ressaltar que, em conversas que mantive com prefeitos, eles me falavam que é fácil ir à Brasília e conseguir recursos para a construção de uma creche, por exemplo, que é um equipamento básico para termos uma educação de qualidade, pois a iniciação é o passo mais importante, tem que começar da base, o grande problema é que você constrói a creche e tem problemas para fazer a mesma funcionar, da mesma forma, a gente encontra dificuldades na área da saúde, a exemplo da construção das Unidades de Pronto Atendimentos (Upas), que no meu Estado não funcionam na sua plenitude”.

Belivaldo Chagas exemplificou a demanda com o fato de o poder público estadual não ter condições de sanar as dificuldades da população de forma completa. “O cidadão não se conforma com o fato de faltar médico ou uma clínica na sua cidade, mas quando ele encontra a clínica que falta tudo, aí a revolta é maior ainda, isso só gera mais problemas. Sabemos portanto, que se não houver uma ajuda do Governo Federal, não vamos melhorar os temas estruturantes da nossa região”.

Adiante, o representante de Sergipe acrescentou. “É chegado o momento de os governantes passarem a olhar mais para as pessoas, por isso a necessidade dos grandes investimentos, para que se possa cuidar mais das pessoas. A questão da educação, da saúde e da segurança é extremamente importante, porque através delas a gente olha realmente para as pessoas”.

Ao final do discurso, ele desejou sucesso aos governadores que irão iniciar os seus mandatos agora, que busquem trabalhar e se espelhar na experiência dos governadores Wellington Dias e Ricardo Coutinho, que já passaram por mandatos executivos estaduais.