João Pessoa
Feed de Notícias

Vendas no Centro de Artesanato de Tambaú devem aumentar 50%

segunda-feira, 6 de agosto de 2012 - 11:42 - Fotos:  Kleide Teixeira/Secom-PB

O primeiro dia de funcionamento do Centro de Artesanato de Tambaú foi um sucesso. No último domingo (5), turistas e paraibanos visitaram e aprovaram o novo espaço de comercialização de produtos artesanais. De acordo com o presidente da Associação dos Comerciantes e Artesãos do Centro de Artesanato de Tambáu, Vauner Sousa Azevedo, a expectativa é aumentar em 50% as vendas nos próximos meses.

“Todos estamos muito alegres, porque agora temos a oportunidade de expormos nossas peças em um lugar apropriado. Esperamos dobrar o volume de vendas, já que o prédio tem uma infraestrutura muito bonita e que chama a atenção de quem passa pela orla de Tambaú. As pessoas entram aqui e acabam fazendo umas comprinhas. Sem falar nos turistas que já vêm ao Centro com o objetivo de levar uma lembrança da nossa terra”, afirmou.

Os produtos produzidos com algodão colorido são carro-chefe do Centro de Artesanato de Tambaú, mas outros produtos genuinamente paraibanos também estão nas prateleiras dos 20 boxes, como a renda renascença, os bonecos de pano e peças em madeira.

A técnica em contabilidade Lourdes Ramos visitou o Centro de Artesanato juntamente com a família à procura de uma passadeira de renda e ficou entusiasmada com a infraestrutura do local. “Ficou muito bacana mesmo. Valeu a pena esperar”, disse. A paranaense Márcia de Lourenço, que está passando uma temporada de férias com as filhas em João Pessoa, também esteve na inauguração do Centro: “Estou adorando a cidade e achei ótimo ter um lugar próprio para comprarmos o artesanato lindo da Paraíba. Achei o local espaçoso, iluminado e agradável. Foi uma grata surpresa”, conta.

A mais antiga comerciante do Centro de Artesanato de Tambaú, Maria Siqueira de Oliveira, de 80 anos, foi uma das contempladas com um box. Ela vende artesanato paraibano há mais de 40 anos na orla de Tambaú e agora se emociona ao falar do novo local de trabalho. “Estou amando, aqui é tudo muito lindo. Vender artesanato é minha alegria e poder comercializar em uma loja bonita dessas é o maior presente que já ganhei”, declara a sorridente Dona Maria, que vende peças em fuxico, algodão colorido, palha e bonecas de pano.

A primeira-dama do Estado e coordenadora do Programa de Artesanato da Paraíba, Pâmela Bório, frisou que a inauguração do Centro é um marco para a história do artesanato do Estado. “Esta é uma obra pública sustentável, já que o Centro tem o teto solar. Ou seja, o Governo do Estado está propiciando desenvolvimento aos artesãos em uma obra singular, mas com economia e sem agredir a natureza. É importante salientar também que todos se adequaram ao regimento do Centro, que assegura a comercialização de peças 100% paraibanas”.