Fale Conosco

19 de fevereiro de 2013

Varejo paraibano fecha 2012 com terceiro maior crescimento do Nordeste, diz IBGE



Com alta de 9,9%, o comércio varejista paraibano fechou 2012 com a terceira maior taxa de crescimento no volume de vendas da região Nordeste, segundo dados divulgados nesta terça-feira (19) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os estados do Maranhão (11,8%) e de Pernambuco (10,8%) registram as maiores altas no acumulado de janeiro a dezembro da região. Contudo, o crescimento paraibano ficou acima do país (8,4%).

Conforme os dados da Pesquisa Mensal do Comércio do IBGE, o volume de vendas de dezembro, melhor mês do varejo, registrou alta de 8,7%, quando comparado ao mesmo período do ano passado. O Estado apresentou a segunda maior taxa da região Nordeste, superada apenas por Pernambuco (10,6%). O país registrou alta de 5% em dezembro sobre o mesmo mês de 2011.

De acordo com os analistas do IBGE, o principal motivo para o resultado positivo foi o aumento do poder de compra provocado pelo crescimento da renda e do emprego. No caso do segmento dos móveis e eletrodomésticos, a redução do IPI (Imposto de Produtos Industrializados) para a linha branca, desde dezembro de 2011, e para móveis, a partir de março de 2012 também colaborou para a alta. Outro fator positivo foi o desempenho do segmento de veículos que ocorreu em razão da redução do IPI, medida lançada no fim de maio e encerrada somente em dezembro, após várias prorrogações, mantendo o volume de vendas do chamado varejo ampliado em alta.

Segundo o secretário de Estado da Receita, Marialvo Laureano, o comportamento do comércio no segundo semestre, quando o consumo normalmente registra maiores taxas de crescimento, também refletiu na elevação da arrecadação do principal tributo do Estado, o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços). “A arrecadação do ICMS em 2012 relativa ao segmento do varejo registrou alta de 15,89%, demonstrando que, além do consumo ainda estar aquecido no Estado, a efetividade do trabalho da Secretaria da Receita proporcionou um resultado bem acima da média de outros estados”, comentou Marialvo.

Ranking: Crescimento do varejo Nordeste

Estado

Taxa de crescimento em 2012

Maranhão

11,8%

Pernambuco

10,8%

PARAÍBA

9,9%

Ceará

9,6v%

Bahia

9,7%

Alagoas

8,3%

Piauí

7,1%

Rio G. do Norte

7,0%

Sergipe

5,4%

Fonte: IBGE