Fale Conosco

17 de março de 2017

Vacinação: Municípios têm até 31 deste mês para corrigir falhas de preenchimento no sistema



Os municípios da 6ª Região de Saúde, que tem Patos como sede, receberam um prazo de até 31 deste mês para corrigir eventuais falhas em sua cobertura vacinal de rotina, oferecidas às crianças, adolescentes, adultos/idosos e gestantes, segundo informou a coordenador da imunização regional, Socorro Guedes.

Na quinta-feira (16) aconteceu no auditório da 6ª Gerência de Saúde reunião com todos os 24 municípios. O momento, que contou com a participação de vacinadores e coordenadores de imunização, teve como objetivo a avaliação da cobertura vacinal de 2016; apresentação das mudanças previstas para o calendário de vacinação e programação das ações referentes a 2017.

Duas campanhas nacionais acontecerão este ano, contra Influenza, de 10 de abril a 19 de maio e atualização do cartão de vacinas, de 11 a 22 de setembro. Na reunião desta quinta-feira foram discutidas as mudanças previstas no calendário nacional de vacinação. Um exemplo é a oferta da HPV para a população masculina de 12 a 13 anos e nas me ninas de 9 a 14 anos, 11 meses e 29 dias.

A meningocócica C (conjugada) atenderá adolescentes de 12 a 13 anos e até 2020 deverá ser estendida também a crianças de 9 a 13 anos. Este ano o Ministério da Saúde disponibilizará duas doses de sarampo, rubéola e caxumba para pessoas de 12 meses até 29 anos de idade e uma dose de varicela para crianças de até quatro anos.

As mulheres, a partir da 20ª semana de gestação, tomarão a vacina adsorvida da difteria, tétano e pertussis (acelular) e hepatite A para as crianças.