Fale Conosco

27 de julho de 2012

Usuários do Terminal Rodoviário fazem teste rápido para hepatite B e C e recebem orientações



Usuários do Terminal Rodoviário de João Pessoa tiveram a oportunidade de realizarem o teste rápido para diagnóstico das hepatites B e C, na manhã desta sexta-feira (27).  A ação fez parte da programação alusiva ao Dia Nacional de Luta contra as Hepatites Virais, que será lembrado neste sábado (28) com atividades no Busto de Tamandaré, na praia de Tambaú, na Capital.

Das 8h às 13h, 54 pessoas que moram em João Pessoa e em outras cidades do interior foram submetidas ao teste, mas nenhum deu positivo. Além do teste, as pessoas receberam informações sobre as formas de contaminação, prevenção e tratamento das hepatites virais, com aconselhamento, distribuição de material educativo e preservativos.

As ações alusivas ao Dia Nacional de Luta contra as Hepatites Virais estão sendo realizadas pelo Complexo Hospitalar de Doenças Infectocontagiosas Clementino Fraga, que, a partir dessa semana, passou a ser referência no diagnóstico e tratamento das hepatites virais. Neste sábado (28), no Busto de Tamandaré, as equipes de saúde farão o teste rápido para diagnóstico da doença e distribuirão material educativo, preservativo. Também serão dados esclarecimentos sobre as hepatites.

Além dessas ações que estão acontecendo em João Pessoa, as Gerências Regionais de Saúde estão desenvolvendo atividades alusivas à data nos municípios sede: Guarabira, Campina Grande, Cuité, Monteiro, Patos, Piancó, Catolé do Rocha, Cajazeiras, Sousa, Princesa Isabel e Itabaiana.

Ainda em alusão à data foi inaugurado, em parceria com o Centro Especializado de Dispensação de Medicamentos Excepcionais (Cedmex), o Serviço de Tratamento Assistido aos pacientes portadores de hepatite B e C, no Complexo Hospitalar Clementino Fraga, objetivando um melhor atendimento. O novo serviço será responsável pela oferta de consulta médica e atendimentos de assistente social, psicólogo, enfermagem, nutricionista, alem de exames laboratoriais, raio-x, tomografia e dispensação e aplicação dos medicamentos com atenção farmacêutica.

A Secretaria de Estado da Saúde ainda dotou todos os Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) e Serviços de Assistência Especializada (SAE) do Estado com os kits para testes rápidos de hepatite B e C.

Atualmente, aproximadamente 95 pessoas na Paraíba recebem medicamentos para o tratamento das hepatites B e C, gratuitamente, através do Cedmex. A gerente operacional das DST/Aids e Hepatites Virais da SES, Ivoneide Lucena, destacou ainda que o Governo do Estado está investindo recursos na ampliação ao acesso e na qualidade nos serviços, fomento ao diagnóstico precoce, estratégias para ampliação da cobertura vacinal para as populações mais vulneráveis e ampliação da capacidade gerencial, logística, técnica, organizacional, de vigilância e monitoramento de informação.

Ivoneide Lucena explicou que qualquer pessoa até os 29 anos de idade pode tomar a vacina contra a hepatite B, que é gratuita e está disponível nos serviços de saúde. Para a hepatite C não existe vacina. As hepatites B e C são infecções do fígado causadas por vírus. Essas duas doenças são transmitidas pelo sangue, sendo que a hepatite B é uma doença sexualmente transmissível e muito fácil de pegar.

“Mulheres grávidas podem passar o vírus da hepatite B para o bebê. Portanto, o recém-nascido deve ser vacinado nas primeiras doze horas após o nascimento. Só com exames de sangue bem detalhados é possível saber se a pessoa está ou não com hepatite”, afirmou.

As hepatites B e C podem ficar graves e evoluir para cirrose e câncer de fígado. Como forma de prevenção as pessoas não devem compartilhar agulhas e seringas e sempre usar camisinhas nas relações sexuais. Deve-se exigir material esterilizado ou descartável em serviços de saúde, salões de beleza, se fizer tatuagem ou colocar piercing.

Nem sempre os sintomas das hepatites B e C aparecem e os primeiros quando aparecem podem ser: cansaço, tontura, enjoo, febre, dor na região do fígado, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.