João Pessoa
Feed de Notícias

UPA de Santa Rita comemora aniversário com mais de 40 mil atendimentos à população

sexta-feira, 21 de outubro de 2011 - 19:32 - Fotos: 

Foto:Secom-PB

Mais de 40 mil pessoas foram atendidas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA-24horas) de Santa Rita, no período de janeiro a setembro deste ano.  Para comemorar esse resultado e um ano de funcionamento, a unidade de saúde, que integra a rede hospitalar do Estado, elaborou uma programação especial a ser desenvolvida nesta segunda (24) e terça-feira (25). De acordo com dados do setor administrativo da UPA, em nove meses foram atendidas 28.831 pessoas no setor de urgência e 13.187 no setor de urgência com observação 24 horas, totalizando 42.018 atendimentos.

De acordo com o diretor administrativo da UPA, Edmilson Calixto de Lima, a abertura oficial da programação será às 9h, com lançamento do prontuário eletrônico do paciente e de gestão da unidade hospitalar. Logo em seguida acontecerá o hasteamento das bandeiras com a participação da Escola Estadual Professor Luiz Azevedo Soares e, logo depois, um coffee break. Das 10h às 16h haverá emissão de documentos para a população, ação desenvolvida pela Casa da Cidadania. Já a Secretaria de Saúde de Santa Rita vai oferecer atividades de saúde.

Na terça-feira, a programação será aberta com um culto ecumênico, que terá a participação do padre Dalmo, da Paróquia de São Pedro e São Paulo, e do pastor Natanael Félix, da 1ª Igreja Batista de Várzea Nova, Santa Rita. A partir das 09h30, a Escola de Enfermagem Santa Emília de Rodat, o Hemocentro, o Hospital Clementino Fraga e outras unidades vão oferecer ações de saúde à população.

A partir das 14h, o Corpo de Bombeiros fará um treinamento de combate e prevenção a incêndios para funcionários da UPA, com simulação de atendimento de emergência pelo Serviço Móvel de Urgência (Samu). Toda a programação conta com parceria das Secretarias de Saúde do Estado e de Santa Rita, Samu, Casa da Cidadania, Faculdade Santa Emília de Rodat, Hemocentro da Paraíba, Hospital Clementino Fraga, Toque Fino Recepções e Corpo de Bombeiros.

A UPA foi construída através de uma parceria entre a Secretaria de Saúde e o Ministério da Saúde para desafogar os hospitais na área de urgência e emergência, sendo uma unidade intermediária entre os Programas de Saúde da Família (PSFs) e os hospitais. Na UPA os pacientes passam por um período de avaliação de seis horas e, se necessário, podem ser encaminhados aos hospitais.

As unidades são implantadas em locais estratégicos para a configuração das redes de atenção à urgência, com acolhimento e classificação de risco em todas as unidades, em conformidade com a Política Nacional de Atenção às Urgências. A estratégia de atendimento está diretamente relacionada ao trabalho do Samu, que organiza o fluxo de atendimento e encaminha o paciente ao serviço de saúde adequado à situação.

O principal foco da UPA é atender os casos de urgência em que a distância ou a demora tendem a causar um maior prejuízo ao estado clínico do paciente. Com isso, pode-se diminuir o excesso de pacientes nos hospitais e fornecer um atendimento de melhor qualidade aos pacientes.