Fale Conosco

24 de julho de 2009

Universidade pretende construir os campi de João Pessoa, Monteiro e Patos



A reitora Marlene Alves, da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), e o secretário de Educação, Sales Gaudêncio, acompanharam o governador José Maranhão na reunião do chefe do Executivo paraibano com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, no Rio de Janeiro, oportunidade em que encaminharam solicitação de empréstimo, a ser contraído pela instituição de ensino superior para execução de seu Projeto de Modernização, Expansão e Consolidação.

Também participaram da audiência o procurador geral do Estado, Marcelo Weick, mais os secretários estaduais Marcus Ubiratan (Finanças) e Lena Guimarães (Comunicação), além do vice-reitor da UEPB, professor Aldo Maciel.

O secretário Sales Gaudêncio revelou que tem se empenhado pessoalmente no sentido de viabilizar os pleitos da Universidade, enquanto que a reitora Marlene Alves retornou da viagem bastante otimista com o resultado da reunião no BNDES, acreditando que mais novidades e investimentos surgirão nos próximos anos para a instituição.

O projeto está orçado em R$ 50 milhões, sendo R$ 25 milhões para o Campus sede, em Campina Grande, e outros R$ 25 milhões destinados aos demais campi localizados em João Pessoa e interior do Estado. Para o Campus I, em Campina Grande, estão previstos a construção da Central de Aulas, urbanização da área, aquisição de equipamentos e móveis e construção de novas salas de aula.

Já o Campus II, localizado no município de Lagoa Seca, será beneficiado com a conclusão das edificações que abrigarão a agroindústria-escola. O projeto prevê para o Campus III, em Guarabira, a construção de uma Central de Aulas, o mesmo ocorrendo em relação ao Campus IV, localizado em Catolé do Rocha.

Com os recursos do BNDES, a UEPB pretende construir o Campus V em João Pessoa, abrigando diversas atividades. Como parte do projeto, a administração da universidade pretende também construir o Campus VI, em Monteiro. Também faz parte do Projeto a construção do Campus VII, em Patos.

Da Assessoria de Imprensa da UEPB