João Pessoa
Feed de Notícias

Unidades estaduais de saúde realizam mais um dia de faxina contra o mosquito Aedes aegypti

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015 - 17:16 - Fotos: 

Servidores de várias unidades estaduais de saúde saíram da sua rotina de trabalho nesta quarta-feira (30) e, numa verdadeira força tarefa, realizaram mais um “Dia de Faxina” no combate ao mosquito Aedes aegypti, que transmite o vírus da dengue, chikungunya e zika. Durante todo o dia, eles buscaram possíveis focos do mosquito nas dependências internas e externas das instituições. A ação estabelecida pelo Governo do Estado acontece todas as quartas-feiras. A primeira foi realizada no último dia 23.

“O que estamos fazendo é dando exemplo, pois não há outro caminho para combater este mal a não ser cada um cuidando do seu espaço”, disse a secretária de estado da Saúde, Roberta Abath.

A secretária participou da faxina na sede da SES, realizada à tarde, percorrendo todos os espaços internos e externos, a procura de focos do mosquito, na companhia dos servidores. No Hospital de Emergência e Trauma, de João Pessoa, a atividade também ocorreu à tarde.
No sertão, no Hospital Regional de Cajazeiras, na UPA, no Hemonúcleo e na Gerência de saúde, daquele município, a faxina foi realizada pela manhã. Foram destruídos locais identificados como possíveis pontos de desovas do mosquito e jogados fora objetos que possam acumular água, como copos descartáveis, sacolas plásticas e outros recipientes.

A diretora do Hospital Regional de Cajazeiras, Edjane Leite, realizou visitas no setor das clínicas conscientizando acompanhantes e pacientes, sobre como prevenir a proliferação do mosquito. Durante as conversas foi apresentado o aplicativo “Aedes na Mira” para celular com sistema Android e IOS, que auxilia no combate ao mosquito.

O aplicativo foi desenvolvido pela Codata e o presidente, Kroll Jânio, participou da faxina da SES. Disse que o aplicativo vem sendo destaque em outros estados brasileiros. “Vários governadores já nos procuraram querendo saber mais detalhes a respeito do aplicativo e o governador Ricardo Coutinho está intermediando as conversas no sentido de levar o mesmo sistema para outros estados”, comentou.

“O Aedes na Mira é uma importante ferramenta para que o cidadão possa contribuir com o controle dessas doenças causadas pelo Aedes Aegypti. É uma forma da sociedade empoderar-se da missão de combater o mosquito”, declarou a secretária Roberta Abath.

No Hemocentro da Paraíba, o segundo “Dia da Faxina” foi realizado pela equipe de higienização, juntamente com a coordenação de enfermagem, e a direção administrativa, onde foram vistoriados os locais a procura de possíveis e potenciais criadouros, dentro e fora da instituição. No Clementino Fraga a ação foi realizada pela manhã. A diretora geral, Adriana Teixeira, lembra que, desde 2011, vem desenvolvendo atividades com seus colaboradores, pacientes, acompanhantes e fornecedores. “O nosso intuito é esclarecê-los e conscientizá-los das condutas individuais e coletivas para prevenir as doenças”, disse.

No Laboratório Central do Estado da Paraíba (Lacen), além da retirada da água, está sendo orientado para se lavar, com água e sabão, para se ter a certeza que ali não haverá mais como o mosquito eclodir. A equipe de Qualidade e Biossegurança já vem fazendo este trabalho nas dependências do Lacen conscientizando os servidores para manter as áreas laboratoriais livres de plantas e de materiais desnecessários, praticando os 3R (Reduzir,Reutilizar e Reciclar). A equipe se preocupou também em procurar por copos descartáveis, tampas de refrigerantes e todo e qualquer recipiente que possa acumular água parada.

Ainda foram realizadas faxinas no Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira; Agevisa; Complexo Pediátrico Arlinda Marques; Hospital de Guarabira e Gerência Regional de Saúde, de Monteiro.