Fale Conosco

3 de fevereiro de 2015

Unidades de saúde montam esquema para o carnaval



As unidades de saúde do Estado montaram esquema especial de funcionamento para o carnaval. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), nesse período, algumas unidades reforçarão as equipes; outras funcionarão em horários especiais e outras continuarão trabalhando normalmente.

Para garantir o atendimento da população no período da festa considerada a mais agitada do ano, o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa colocará mais 30% dos profissionais de sobreaviso, além da equipe de plantão (médicos, fisioterapeutas, enfermeiros, psicólogos e várias outras especialidades). O esquema especial será executado a partir da sexta-feira (13) até a quarta-feira de Cinzas (18).

O diretor técnico do Hospital de Trauma, Edvan Benevides, disse que as principais ocorrências nessa época do ano estão relacionadas a acidentes de motos e quedas (com traumatismo crânio encefálico). “Observamos uma redução dos casos nos últimos anos e a expectativa é que a tendência continue”, observou.

Já no Hospital General Edson Ramalho, também na Capital,o plantão não será alterado. De acordo com o diretor administrativo, major Pontes, por ser uma unidade de urgência clínica, a expectativa é que a demanda seja pequena. “De acordo com os outros anos, em períodos de carnaval, o quantitativo de casos segue basicamente a média de dias normais”, comentou ele.

No Complexo de Pediatria Arlinda Marques, no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa, o setor de Urgência e Emergência do Hospital funcionará normalmente, durante 24 horas. Já o ambulatório será fechado, como nos demais feriados. De acordo com o diretor geral da Unidade, Bruno Leandro, nesse período do ano aumenta o número de crianças com infecção gastro-intestinal e desidratação devido a alimentação inadequada e também pelo calor excessivo no verão.

Por sua vez, o Hemocentro de João Pessoa funcionará em regime de plantão, 24 horas, somente para a equipe que trabalha com a liberação das bolsas de sangue para as unidades que solicitarem. Quanto ao atendimento ao público para a doação, o serviço funcionará no sábado (14), das 7h às 17h, e será fechado no domingo (15). Na segunda-feira (16), funcionará das 7h às 13h e fechará na terça-feira (17), voltando a reabrir na quarta-feira de Cinzas (18), às 13h.

No Hospital Regional de Emergência e Trauma em Campina Grande, a escala da equipe de plantão será redobrada. “O cuidado com as escalas é redobrado nessa época do ano, porque há um aumento no número de acidentes. Com a escala cheia atenderemos a população de maneira adequada”, explicou o diretor técnico da unidade, José Bezerra.

O Hospital Regional de Cajazeiras, município com tradição em festas momescas, redobrará a equipe com escalas de médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem. De acordo com a diretora geral, Edjane Santos, o esquema especial atenderá moradores e visitantes, caso haja necessidade. Durante a festa, também será feito um trabalho de conscientização junto aos foliões. “Faremos, junto com a Polícia Militar, ações preventivas, como distribuição de informativos e preservativos, em pits stops na cidade.”, informou.

O Hospital Regional de Mamanguape também reforçará a equipe de plantão. “Este será o primeiro carnaval de Mamanguape, após a inauguração do Hospital, e a expectativa é que a demanda seja grande. Por conta disso, ampliaremos o número de plantonistas para atender a população”, informou o diretor geral, Adalberto Ribeiro.

Em Pombal, o Hospital Regional vai redobrar os cuidados. “Além dos profissionais da escala de plantão, outros ficarão de sobreaviso, caso haja superlotação ou emergência mais grave”, disse a diretora geral, Kévia Werton.

No Hospital Regional de Patos, as equipes trabalharão normalmente, em regime de plantão.