João Pessoa
Feed de Notícias

Unidades beneficiarão 250 mil habitantes do Agreste paraibano

segunda-feira, 28 de junho de 2010 - 09:03 - Fotos: 
Mais 250 mil paraibanos conquistaram, neste domingo (27), o direito à saúde cidadã. O governador José Maranhão inaugurou em tarde festiva com a população, parlamentares, prefeitos, vereadores e secretários do Governo Estadual, o Hospital Regional Sebastião Rodrigues de Melo e o Hemonúcleo, de Itabaiana, no Agreste do Estado. Uma multidão participou  da solenidade e visitou junto com o governador e demais autoridades as dependências do hospital, que atenderá Itabaiana e mais onze cidades.

O governador José Maranhão revelou que estava ali para partilhar com a população de Itabaiana da alegria pela conquista do hospital tão esperado por todos da região. Maranhão reiterou sua convicção de que os hospitais construídos com recursos públicos devem ter o padrão de qualidade igual ou mesmo superior aos hospitais particulares, porque os cidadãos que pagam impostos merecem respeito e atendimento digno na rede hospitalar do Estado.  

O ex-prefeito de Itabaiana, Antonio Carlos, agradeceu pela realização de um sonho que teve sua pedra fundamental em 1999, quando ele na condição de prefeito assinou com o governador Maranhão convênio para aquela obra que foi construída e não implantada no governo passado. Em sua segunda administração o governador Maranhão beneficiou Itabaiana com a construção de uma nova ponte. Hoje restaura a ponte velha e lembrou que a pavimentação da estrada Juripiranga-Pilar-Itabaiana será feita.

Igualmente ao ex-prefeito, o secretário municipal de Saúde, José Sinval, que representou sua mãe e prefeita de Itabaiana, Eurídice Moreira (Dona Dida), também agradeceu em nome do município pela entrega do hospital e outras obras, bem como ressaltou a parceria que existe entre a prefeitura municipal e o Governo do Estado.

A costureira Marleide Almeida, afirmou que o hospital vai ser da maior importância para as pessoas que na maioria dos casos não precisarão mais viajar para João Pessoa para tratamento de saúde. Para o senhor Morais Vicente da Silva, o hospital vai ser útil também para as demais cidades da região.

O Hospital de Itabaiana teve a construção iniciada em 2001 e para a conclusão da obra, que foi retomada em janeiro deste ano, foram necessários R$ 2.052.811,26, além de R$ 4.976.278,12 para aquisição de equipamentos, com recursos do tesouro estadual. O hospital fica na entrada da cidade, na rodovia estadual PB-054, em uma área física de 2.889,66 metros quadrados, construído em um terreno de 26.413,63 metros quadrados. Ao todo, são 47 leitos, sendo 36 para internação, seis para observação, três para parto e dois para isolamento.
         
Além dos mais de 25 mil habitantes de Itabaiana, a nova unidade hospitalar vai cuidar da saúde dos moradores de Juripiranga, Salgado de São Félix, Itatuba, São Miguel de Taipu, Pilar, São José dos Ramos, Ingá, Mogeiro, Gurinhém, Caldas Brandão e Riachão do Bacamarte. O município de Itabaiana fica distante 80 quilômetros de João Pessoa e pertence à 12ª região da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

O Hemonúcleo integra o complexo hospitalar do Regional de Itabaiana e foi entregue todo pronto, mas nunca funcionou. Só agora o equipamento vai começar a coletar sangue e se juntar a rede de dez hemonúcleos instalados em Piancó, Monteiro, Picuí, Patos, Itaporanga, Guarabira, Cajazeiras, Catolé do Rocha, Sousa e Princesa Isabel. O Hemonúcleo vai dar suporte as cirurgias do Hospital Regional e deve ser coletado sangue de 100 doadores/mês. No local serão realizados alguns testes de classificação sanguínea e pesquisas de anticorpos.

Além das unidades de Itapororoca, Itabaiana e Queimadas, entregues nos últimos dias, outros 11 hospitais estão em obra na Paraíba, incluindo construção, reforma e ampliação. São eles: Distrital de Taperoá, Regional Santa Filomena (Monteiro), Regional Felipe Tiago Gomes (Picuí), Maternidade Peregrino Filho (Patos), Trauma de Campina Grande, Clementino Fraga (JP), Hospital Municipal de São Bento, Hospital Municipal de Pedras de Fogo, Regional e Maternidade Senador Ruy Carneiro (Pombal), Hospital Municipal e Maternidade Alice de Almeida (Sumé) e Hospital de Belém do Brejo do Cruz.

O ex-governador Roberto Paulino, quatro deputados federais e oito deputados estaduais, além de vários prefeitos e vereadores da região participaram da inauguração da obra mais desejada pela população do Agreste paraibano. A obra foi abençoada pelo pastor Ronaldo e pelo padre Dorgival Vicente.

Josélio Carneiro, com fotos de Ernane Gomes, da Secom-Pb