Fale Conosco

22 de abril de 2015

Unidade móvel atende mulheres rurais no Conde nesta quinta-feira



A unidade móvel de atendimento às mulheres trabalhadoras do campo vítimas de violência doméstica presta orientações na cidade do Conde, nesta quinta-feira (23), das 8h às 17h, na comunidade do Gurugi. A próxima cidade que será atendida será Baía da Traição, nos dias 29 e 30.

A ação integra o Mutirão do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural. A realização é do Incra, Delegacia Regional do Ministério do Desenvolvimento Agrário-PB, em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Mulher e Diversidade Humana

O objetivo do atendimento é ofertar o serviço às mulheres de comunidades quilombolas, assentadas e de áreas indígenas. O serviço itinerante começou a funcionar em novembro de 2013, oferecendo atendimento psicossocial, jurídico, orientação e palestras.

As unidades móveis foram entregues ao Governo do Estado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), dentro do programa “Mulher, Viver sem Violência”. Em 2014, orientou 4,2 mil mulheres em comunidades de 39 municípios da Paraíba.

Como funciona – A dinâmica de atuação nas comunidades rurais requer uma organização com a gestão municipal, órgão ou entidade local. A equipe faz a abordagem a partir do recorte da violência contra as mulheres, Lei Maria da Penha e os serviços de atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica e sexual. As duas unidades móveis podem ser solicitadas por meio das prefeituras, movimento organizado ou entidades de mulheres rurais à Secretaria pelo telefone (83) 3224-9919.