Fale Conosco

17 de julho de 2009

UEPB abre inscrições para Programa Universitário para Terceira Idade



A seleção é aberta a toda comunidade campinense e será feita por ordem de inscrição, priorizando as 50 primeiras pessoas. As inscrições serão realizadas de 20 a 24 de julho, das 8h às 12h e das 14h às 17 horas, na secretaria da Coordenação Institucional de Projetos Especiais (CIPE), localizada no segundo andar do prédio da Administração Central da UEPB, em Bodocongó.

O curso terá duração de dois anos, com início no dia 4 de agosto, no Auditório de Psicologia da UEPB, Campus I. As aulas serão ministradas durante as terças e quintas-feiras pela manhã, por professores de diversos cursos da Instituição, como Educação Física, Odontologia, Direito e Enfermagem.
De acordo com os organizadores do programa, as disciplinas serão passadas da maneira mais acessível aos idosos, numa linguagem possível de ser assimilada com facilidade.

“Aprendendo ao longo da vida”

O projeto do PROUFATI, que tem como slogan a frase “Aprendendo ao longo da vida”, foi desenvolvido pelo professor Manoel Freire de Oliveira Neto, integrante do Departamento de Educação Física, que concluiu doutorado sobre este assunto na Universidade de Granada (Espanha), em 2007.

Na bagagem, ele trouxe a experiência e as idéias para fundar um curso voltado à terceira idade na UEPB. O projeto foi apresentado à reitora Marlene Alves e aprovado pelo Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), em 2008.

Os eixos temáticos a serem estudados envolvem Saúde e Qualidade de Vida; Educação e Cidadania; Cultura e Lazer e Cultura e Sociedade. Segundo o professor Manoel, “as disciplinas podem promover uma mudança no estilo de vida do idoso, conferindo uma maior formação sobre Nutrição, Direito do Idoso, Envelhecimento Ativo, Biologia do Envelhecimento e muitas outras disciplinas voltadas especificamente para ele”.

Na opinião do professor, o curso permitirá o contato dos participantes com o ambiente universitário e a convivência com outras pessoas, suprindo uma carência latente entre os grupos de terceira idade.  

“A nossa primeira proposta é a inclusão, trazendo o idoso para dentro da Universidade; o segundo ponto é influenciar no estilo de vida dele, dando informações que podem ser aplicadas ao seu dia a dia, como a importância da prática da atividade física, boa alimentação, saúde bucal, entre outros”, acrescentou.

Além de tudo isso, o PROUFATI envolverá não só os professores, como também alunos da graduação da UEPB, nas diversas disciplinas ministradas. “Acho importantíssimo que os estudantes se envolvam nessas atividades, seja como monitores ou através de projetos de extensão, pois o aspecto intergeracional é de suma relevância”, explicou Manoel Freire.
Informações: (83) 3315-3398 / 3315-3399.]

Ascom/UEPB