Fale Conosco

19 de março de 2015

Turma pioneira de Técnicos em Hemoterapia conclui curso disponibilizado pelo Cefor



Concluintes Hemoterapia 270x172 - Turma pioneira de Técnicos em Hemoterapia conclui curso disponibilizado pelo CeforA primeira turma de Técnicos em Hemoterapia do interior do Estado da Paraíba concluiu, no sábado (14), as aulas do curso, que teve início em outubro de 2013 e foi promovido pelo Centro Formador de Recursos Humanos da Paraíba (CEFOR-RH-PB). Dos 24 profissionais da área de saúde que concluíram o curso, sete já atuam como técnicos de enfermagem do Hemocentro Regional de Campina Grande, aonde foram realizadas as aulas, sempre às sextas e sábados. Os demais profissionais atuam em Hemonúcleos localizados em outras cidades paraibanas.

Além das aulas teóricas, os alunos do curso de Técnicos em Hemoterapia realizaram atividades práticas e estágios no Hospital Universitário Alcides Carneiro e no Hospital de Trauma de Campina Grande. Nos módulos desenvolvidos durante o curso, foram abordados temas como a “Centrifugação de hemocomponentes”, “Reações adversas na doação”, “Coleta por aférese”, “Armazenamento e transporte das bolsas de sangue após a coleta”, “Procedimentos para a realização da prova cruzada”, entre outros.

Uma das técnicas de enfermagem que participaram do curso, Maria Edilma Cruz Caetano, disse que adquiriu novos conhecimentos e que, além de ter se qualificado profissionalmente, ela e as demais colegas estarão colaborando também para a qualificação do serviço oferecido pelo Hemocentro Regional de Campina Grande. “O curso foi de grande importância porque contribuiu para enriquecer os nossos conhecimentos na área de Hemoterapia”, explicou a concluinte.

O Centro Formador de Recursos Humanos da Paraíba (CEFOR-RH-PB) foi criado em 11 de abril de 1994 e tem a missão de promover a formação e a capacitação de profissionais da área de saúde, apresentando competências e desenvolvendo habilidades para o exercício profissional, contemplando princípios éticos de humanização na saúde e de cidadania, contribuindo para a busca de novos conhecimentos e fortalecimento do SUS e otimizando a assistência à saúde no contexto sociopolítico, no âmbito estadual.