João Pessoa
Feed de Notícias

Trilhas e cachoeiras são atrações do Caminhos do Frio em Pilões

segunda-feira, 12 de agosto de 2013 - 10:20 - Fotos:  Divulgação

Para quem gosta de ecoturismo e de aventura, as trilhas para a Cachoeira do Ouricuri, Pedra do Espinho e das Flores são alguns dos atrativos da Rota Cultural Caminhos do Frio no município de Pilões. O evento conta com o apoio do Governo do Estado e é desenvolvido pelo Fórum de Desenvolvimento Turístico Sustentável do Brejo Paraibano. A rota cultural ainda vai passar pelas cidades de Alagoa Nova e Alagoa Grande, encerrando no dia 1º de setembro.

O ponto de encontro para seguir rumo a qualquer uma das trilhas em Pilões é em frente à igreja matriz, sempre às 7h.  A trilha para a Pedra do Espinho, por exemplo, com seus mais de 150 metros de precipício, é muito procurada por amantes do rapel e será a primeira da rota programada para a próxima sexta-feira (16).

Pilões é conhecida como a cidade das flores, por ser a atividade econômica mais importante, graças ao cultivo, principalmente, de crisântemos, rosas e margaridas. Um dos passeios durante o período do Caminhos do Frio é a trilha da floricultura, com visitação às estufas, na manhã do sábado (17).

Do mesmo ponto de partida e no mesmo horário, no domingo (18), também está programada a trilha para a Cachoeira de Ouricuri, situada dentro de uma floresta – resquício da Mata Atlântica.

Para se chegar à cachoeira, pode-se percorrer diversas trilhas, mas segundo alguns aventureiros, a mais bonita é através da subida da Serra do Espinho. É uma caminhada cortada por montanhas verdes, vales e muitas árvores frutíferas. Dependendo da época, dá para tirar, diretamente do pé, caju, goiaba, acerola, banana, jaca, manga, entre outras frutas. Além disso, a caminhada tranquila reserva belas paisagens e um pouco de história, pois é possível observar de perto construções históricas da época dos engenhos de cana de açúcar e produção de rapadura do século XIX.

A cachoeira de Ouricuri recebe o nome da região onde se situa. Cascatas completam a obra esculpida pela natureza nesta região. A água do Rio Araçagi corre por entre árvores e rochedos, formando um conjunto de corredeiras. A força das águas produz fendas nas rochas do leito do rio, por onde o visitante pode mergulhar em um local e sair em outro.

Por boa parte do percurso é possível contemplar o leito do rio revestido por rochedos com as mais diversas formas. Até chegar à cachoeira principal, existe uma travessia do rio num local onde ele se espreme por uma abertura estreita, esculpida pela correnteza ao longo dos anos.  Há outra opção de fazer a travessia, que é numa parte do rio onde ele é mais largo e raso.

Ouricuri surge por entre a vegetação, com suas águas deslizando por uma série de declives talhados na rocha, caindo em uma piscina natural. A água, embora turva, é de pureza comprovada.

TRILHAS ECOLÓGICAS

ATIVIDADES DIA HORA/LOCAL
Trilha da Pedra do Espinho 16/08

Sexta-feira

Manhã – 7h
Em frente à igreja matriz (saída)
Trilha da Floricultura (com visitação às estufas) 17/08

Sábado

Manhã – 7h
Em frente à igreja matriz (saída)
Trilha da Cachoeira de Ouricuri 18/08

Domingo

Manhã – 7h
Em frente à igreja matriz (saída)