João Pessoa
Feed de Notícias

Três mil pessoas recebem casas em CG e Riacho de Santo Antônio

domingo, 2 de dezembro de 2012 - 20:18 - Fotos: 

O governador Ricardo Coutinho entregou neste domingo (2), as chaves das 691 casas em Campina Grande e Riacho de Santo Antônio. Após uma longa espera, o mês de dezembro vai ficar guardado na memória das três mil pessoas que realizaram o sonho da casa própria nas duas cidades. Em Campina Grande, Ricardo entregou as casas do Conjunto Residencial Ronaldo Cunha Lima, popularmente conhecido por Três Irmãs.

O Governo do Estado investiu com recursos do Pró-Moradia R$14.257,337,91 na construção das  639 unidades habitacionais e mais R$ 1.622.825,94 na pavimentação das ruas do loteamento que também possui sistema de abastecimento d’água, rede coletora de esgoto e energia elétrica. Somente no conjunto Ronaldo Cunha Lima, o Estado investiu mais R$15,8 milhões.

Com a entrega das casas em Campina Grande e Riacho de Santo Antônio, neste domingo, o Governo do Estado atinge a marca de 3.186 moradias construídas em 1 ano e 11 meses de gestão.

Comemoração - A inauguração foi marcada por muita festa com a entrega pelo governador Ricardo Coutinho da primeira chave a dona Maria José, que esperava pela casa há vários anos. Participaram da solenidade, o vice-governador Rômulo Gouveia; o senador Cássio Cunha Lima; a primeira dama do Estado, Pâmela Bório; o prefeito eleito de Campina Grande, Romero Rodrigues; o vice-prefeito eleito Ronaldo Cunha Lima; o empresário Saviny Cunha Lima, filhos do homenageando; o deputado federal Damião Feliciano; a presidente da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap), Emília Correia Lima, além de deputados estaduais e vereadores.

O governador Ricardo Coutinho afirmou que este é um momento de alegria para as famílias que saem do aluguel e começam a ocupar suas casas próprias em um local com toda infraestrutura de calçamento, água tratada e energia elétrica. “Esta obra estava parada quando assumi o governo. Hoje estamos inaugurando o conjunto Ronaldo Cunha Lima e tocando todas as outras chegando a 1.600 casas em construção somente em Campina Grande. São obras que vão proporcionar melhorias na qualidade de vida de muita gente”, ressaltou.

Ricardo destacou a força da política habitacional do Estado com a inauguração de 3.186 unidades, mais 7.047 em andamento e mais 12 mil para iniciar até o primeiro trimestre do próximo ano. “Este é um esforço muito grande do Governo do Estado para reduzir o déficit habitacional e vamos chegar a mais de 22 mil casas que estão garantidas em toda Paraíba”.

Reconhecimento - De acordo com Ricardo, o conjunto recebeu o nome de Ronaldo Cunha Lima como reconhecimento a uma pessoa que participou de praticamente todas as lutas pela Paraíba, que soube fazer amizades. “Conversei com Cássio sobre a necessidade de homenagear o ex-governador e poeta com uma obra que juntasse muita gente e nada melhor que um conjunto habitacional que representasse o sonho de tantas pessoas”.

O senador Cássio Cunha Lima, que falou em nome da família, disse que hoje é um dia feliz em ver uma obra iniciada em seu governo dar tanta alegria e esperança a tantas famílias. “Esta obra tem um gostinho especial por homenagear o meu pai, Ronaldo, que está muito feliz neste momento”.

De acordo com Cássio, o governador Ricardo tem mostrado muita grandeza em dar continuidade às obras iniciadas em governos anteriores, em Campina Grande e no Estado, como projetos habitacionais, adutoras e estradas. “Foi exatamente por saber da postura de Ricardo e que momentos como estes aconteceriam que firmamos esta aliança”, ressaltou.

Para o filho primogênito do ex-governador Ronaldo Cunha Lima, o conjunto residencial é mais um gesto de atenção de Ricardo à memória do poeta. “Estamos agradecidos pela homenagem ao nosso eterno poeta, reafirmando nossa convicção de que iniciativas como esta se traduzirão em benefícios para os mais carentes. Em nome de nossa família e do povo de Campina, nosso muito obrigado”, disse Ronaldo Filho, vice-prefeito eleito de Campina Grande.

O prefeito eleito da cidade, Romero Rodrigues, destacou a importância da obra para reduzir o déficit habitacional do município. “Essa é uma obra redentora por livrar do aluguel tantas famílias e possibilitar que as mesmas vivam com infraestrutura adequada com calçamento, água tratada”.

Mudança – Os moradores do conjunto Ronaldo Cunha Lima iniciaram a mudança para as novas casas ainda na tarde deste domingo. Uma das beneficiárias foi a dona de casa Vânia Lúcia Soares. “Há oito anos esperava pela minha casa e nesta espera tive que morar com meus pais para não pagar o aluguel. Com a graças de Deus e do nosso governador consegui receber o imóvel onde vou viver confortavelmente com minha família. Este é um lugar maravilhoso com calçamento, água, energia e futuramente ganhará creche e escola”.

Após receber as chaves, a dona de casa Antônia Maria Denise não perdeu tempo. “Morava há mais de 10 anos de aluguel, mas valeu a pena esperar este presente de Deus. Este será um Natal especial para minha família.  Hoje posso dizer vou dormir na minha casa”, contou emocionada.

As unidades são do tipo convencional com 34,5 m2. São compostas por sala, dois quartos, banheiro e cozinha.  Existem 70 unidades adaptadas para idosos (34,50 m2) e 70 para portadores de necessidades especiais (41,50 m2).

Riacho de Santo Antônio - Ainda no domingo (2), o governador entregou  52 casas do Programa Pró-Moradia, no Loteamento Antônio Ferreira Filho, no município de Riacho de Santo Antônio. A obra, reiniciada em junho deste ano, com recursos na ordem de R$ 226 mil, também tem unidades adaptadas para pessoas da terceira idade ou com deficiência.

Ricardo ressaltou que o Governo do Estado não vai abandonar as obras inacabadas. “Nós queremos terminar as obras que estejam paralisadas para que o povo possa ter o seu dinheiro melhor empregado e para que possa compreender como deve se comportar uma administração pública consciente dos seus deveres. Nós estamos terminando muitas obras por essa Paraíba afora, tanto na área de habitação como em diversas outras áreas. O dinheiro pertence ao povo e para o povo deve voltar em forma de obras, ações e serviços”, disse o governador.

Ele lembrou que o projeto inicial era para a construção de 30 unidades, mas a Cehap decidiu ampliar para 52 casas, beneficiando mais 22 famílias. “Eu fico feliz quando vejo que as pessoas vão poder viver melhor com suas famílias”, declarou Ricardo, acrescentando que é fundamental agir na área social para que a Paraíba possa ser mais justa e mais equilibrada em todos os seus territórios.

A aposentada Emília Ferreira Vasconcelos, 74 anos, foi a primeira a receber as chaves da casa. “A coisa melhor que aconteceu na minha vida foi ganhar essa casa”, comemorou.

A dona de casa Vera Lúcia de Brito agradeceu em nome de todas as 52 famílias contempladas com a casa própria. “Esse momento é especial para todos nós. Hoje temos uma casa e em nome de todos quero agradecer essa conquista”.

O Loteamento Antonio Ferreira Filho teve a construção iniciada há alguns anos. Era uma obra inacabada. O Governo do Estado viabilizou sua conclusão. A obra também teve a participação do município que doou o terreno e fez o caçalmento das ruas. O Governo Federal participou da obra por meio do Pró-Moradia.

De acordo com a presidente da Cehap, Emília Correia Lima, o conjunto habitacional é dotado de infra-estrutura básica: rede de abastecimento d’água, energia elétrica e rede coletora de esgoto. As casas foram entregues sem custo financeiro para as 52 famílias carentes, beneficiando cerca de 200 pessoas do município.

Rodovia - Na mesma solenidade em Riacho de Santo Antonio o governador Ricardo Coutinho assinou a ordem de serviço para início da pavimentação da PB-196 que também beneficiará o município de Barra de São Miguel. A estrada tem 10,5km de extensão e a obra terá investimentos de R$ 4,7 milhões.