João Pessoa
Feed de Notícias

Treinamento acontece nesta quinta-feira sobre o uso de inseticidas na prevenção e combate à dengue

quarta-feira, 18 de novembro de 2009 - 14:52 - Fotos: 

A Secretaria de Saúde do Estado (SES) realiza, nesta quinta-feira (19), no município de Patos mais um treinamento de atualização sobre o uso de inseticidas na prevenção e combate à dengue. O evento acontecerá no auditório da 6ª Gerência Regional de Saúde e vai reunir técnicos, motoristas e operadores que trabalham com o uso do fumacê nas cidades que formam as 6ª, 7ª, 8ª, 9ª, 10ª e 11ª gerências regionais de saúde. Em julho deste ano, a SES realizou o treinamento com profissionais dos municípios que formam as 1ª e 2ª macrorregionais de saúde.

“O que nós queremos com essas atualizações é melhorar a qualidade e eficiência do fumacê”, explicou Nilton Guedes, gerente operacional de Vigilância Ambiental da SES. Segundo ele, o trabalho de combate e prevenção à dengue com o uso do fumacê só é necessário quando a população deixa de tomar as medidas de prevenção e controle como, por exemplo, identificar e eliminar os criadouros do mosquito Aedes aegypti. “É preciso que se intensifiquem as ações de controle vetorial, melhorando a qualidade das visitas domiciliares, procurando identificar os locais de risco e destruindo os criadouros”, alertou.

Segundo Nilton Guedes, para que o trabalho de combate e prevenção à dengue alcance resultados positivos é necessário a união do Estado e municípios, envolvendo as secretarias de Educação, Saúde, Infraestrutura e Limpeza Urbana. “Quanto à contribuição da sociedade, é preciso que as pessoas facilitem a entrada dos agentes de saúde em suas residências, para que eles possam desempenhar o seu trabalho”, destacou.

Ele explicou que o agente ambiental realiza um papel importante com a identificação e destruição dos criadouros do mosquito ao mesmo tempo em que orienta as pessoas a tomarem as medidas de prevenção à doença, mas é preciso que o morador ajude o agente mostrando os locais onde exista a possibilidade do mosquito se reproduzir e, ao identificar esses locais, o agente deve fazer a destruição do criadouro ou colocar o praguicida para matar a larva do mosquito.

Assessoria de Imprensa da SES/PB