Fale Conosco

5 de janeiro de 2016

Trauma registra mais de 870 atendimentos durante o plantão de ano-novo em Campina Grande



O Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, que integra a rede hospitalar do Estado, realizou, durante o plantão de fim de ano, período compreendido entre a meia-noite do dia 31 e a meia-noite da segunda-feira (4), 877 atendimentos entre urgências e emergência, além de casos clínicos como hipertensão. O número de atendimentos a pessoas vítimas de acidentes de moto lidera as estatísticas da unidade hospitalar, com 143 procedimentos. Logo em seguida, aparecem vítimas de acidentes de carros, com 12 atendimentos.

Tanto para os atendimentos de fim de ano quanto os diários, o Hospital de Emergência e Trauma conta com 285 leitos, 354 médicos, sendo 64 plantonistas 24 horas em todas as especialidades de urgência. O Governo do Estado investe, mensalmente, R$ 11,5 milhões para a manutenção da unidade, que é referência em traumatologia para 203 municípios paraibanos, além de algumas cidades de Rio Grande do Norte e Pernambuco. O Trauma de Campina Grande dispõe de internação clínica e cirúrgica e seis salas no bloco cirúrgico.

Balanço de fim de ano – Ao longo de 2015, o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes realizou 91.261 atendimentos. Desse total, 10.430 pessoas foram vítimas de acidentes de motos, 742 vítimas de atropelamento e 1.186 vítimas de acidentes de carro e 660 acidentes de bicicleta.

Durante o ano de 2014, a unidade hospitalar registrou 103.085, sendo 11.750 vítimas de acidente de moto, 921 por atropelamento, 1.165 acidentes de carro e 708 por acidentes de bicicleta.