Fale Conosco

18 de agosto de 2011

Trauma-JP promove almoço musical em projeto de humanização



A música agora faz parte de programação semanal no almoço dos funcionários do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. Dentro do projeto de humanização, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e a gestão do hospital implantaram o almoço musical. Às sextas-feiras, os servidores têm a oportunidade de ouvir um repertório com músicas brasileiras no momento da refeição.

Para o coordenador da gestão Edmon Silva, algumas iniciativas de humanização já foram iniciadas com a realização de palestras e cursos como parte do Programa de Educação Permanente e outras serão criadas, a exemplo do Grupo de Trabalho Humanizado (GTH), que tem a finalidade de desenvolver ações que possam melhorar as condições de trabalho dos servidores. Haverá ainda o lançamento do Projeto Acreditar, que prevê iniciativas para a melhoria no ambiente de trabalho e qualidade de vida de funcionários, pacientes e acompanhantes.

Servidores envolvidos - No almoço musical, uma dupla de servidores da área administrativa do hospital, um no vocal e outro no teclado, executam um repertório com cerca de dez músicas de artistas nacionais.

Segundo a vocalista do dueto e assistente administrativa do setor de laudos do hospital, Sônia Lacerda, a ação é uma oportunidade de mostrar sua música: “Me sinto realizada cantando, faz bem e elimina o meu estresse. Adorei”.

 

O tecladista e técnico em multimídia do Núcleo de Estágios, Capacitação e Eventos (Nece), Djanilo Ventura, disse que é uma satisfação mostrar seu trabalho: “É um projeto que agrada a todos”, comenta o servidor.

 

Os funcionários do hospital aprovaram a idéia, como a operadora de lavanderia Maria de Lourdes Paiva, elogiando a descontração no ambiente: “Os servidores ficam com mais disposição para enfrentar a fila e almoçar”.

 

A enfermeira da Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ), Desirée Mazocco, destacou que volta ao trabalho mais relaxada: “A música agrada os ouvidos e nos deixa com uma sensação de conforto para voltar ao trabalho. É ótimo!”.