Fale Conosco

3 de julho de 2012

Trauma de CG ultrapassa 53 mil atendimentos no 1º semestre



O Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, que integra a rede hospitalar do Governo Estado, prestou a atendimento a 53.690 pessoas e realizou 4.525 cirurgias no 1º semestre deste ano. No mês de junho foram atendidos 8.739 pacientes, no setor de emergência, e realizadas 796 cirurgias.

Em junho foram registrados 772 atendimentos a vítimas em acidentes de motos. Também houve atendimentos a vítimas de facadas (63), de tiro (49), queimaduras (117), atropelamentos (69), acidentes com bicicleta (49) e acidentes de carro (131). O restante dos atendimentos foi ambulatorial e na área de pediatria. A unidade de Campina Grande atende a uma média diária de 300 pacientes.

O hospital conta com 250 médicos, sendo 27 plantonistas 24h em todas as especialidades de urgência. O hospital é o único a possuir na região a Unidade de Queimados com atendimento especializado.

Números – De acordo com o diretor técnico do Trauma de Campina Grande, Flawber Cruz, as especialidades mais procuradas no hospital são clínica médica, cirurgia geral, ortopedia e pediatria. “Essas são as especialidades básicas que todas as unidades de pronto-atendimento devem ter, conforme resolução do Conselho Federal de Medicina”, explica.

O Governo do Estado investe mensalmente cerca R$6 milhões para a manutenção do Trauma de Campina Grande.