Fale Conosco

29 de fevereiro de 2012

Trauma de Campina e FCM iniciam residência médica



O Hospital Dom Luiz Gonzaga Fernandes e a Faculdade de Ciências Médicas de Campina Grande (FCM) apresentam, nesta quinta-feira (1º), os médicos residentes em ortopedia/traumatologia e em oftalmologia. Além da apresentação, será empossada a Comissão de Ética Médica, que tem a função de fiscalizar o exercício da medicina. A solenidade será realizada no auditório da unidade hospitalar, às 9h.

O Ministério da Educação (MEC) aprovou o programa de residência médica depois da visita da Comissão Nacional (CNRM) vistoriar as instituições parceiras. De acordo com o cronograma, as especialidades terão duração de três anos. Ao todo, são quatro residentes, dois para cada especialização. Eles receberão uma bolsa do programa Nacional de Apoio à Formação de Médicos Especialistas em Áreas Estratégicas.

Segundo o diretor geral do hospital, Geraldo Medeiros, a parceria beneficia a unidade, pois a residência médica traz nova sistemática de trabalho e de direcionamento na pesquisa e no ensino. “Isso representa um marco histórico para cidade de Campina Grande, pois agora temos uma estrutura de residência médica credenciada pelo MEC”, destacou.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) tem firmado parcerias públicas e privadas com o intuito de incentivar pesquisas científicas e, conseqüentemente, melhorar o atendimento nas instituições de saúde pública. “Teremos mais quatros médicos para atender a população, supervisionados por seus preceptores. Além disso, a presença do residente estimula o aperfeiçoamento e exige que os médicos permaneçam atualizados”, finalizou.