João Pessoa
Feed de Notícias

Trauma completa um mês sob gestão pactuada e mostra resultados

quarta-feira, 10 de agosto de 2011 - 15:46 - Fotos: 

Fachada do Hospital de Trauma/Claudio Cesar/Secom-PB

O Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena conseguiu diminuir em 39 minutos a média do intervalo de tempo para a realização de cirurgia de emergência, cujo limite máximo é de 60 minutos, e reduziu em 50% o número de acidentes de trabalho em relação a junho de 2011. Em trinta dias, atendeu 4.650 pacientes, cem a mais do que no mês passado.

Estes são alguns dos dados do balanço de 30 dias da gestão pactuada do Hospital de Trauma da Capital. Entre outras informações relevantes, foram abertas 161 novas vagas no total de transferências e o reingresso na UTI adulto durante a mesma internação foi de 0%. O documento também apontou que, no mesmo mês, o número de profissionais de enfermagem para cada leito foi de 4,6 pessoas, superior à meta mínima indicada, que é de três profissionais por leito.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Waldson de Souza, a avaliação do primeiro mês da gestão pactuada é positiva no que diz respeito ao cumprimento de metas, ao contentamento de profissionais e, principalmente, à satisfação dos usuários. “Estamos apenas no começo. Vamos avançar ainda mais no cuidado aos usuários, devolvendo ao hospital o seu perfil original, que é de emergência e trauma”, disse ele.

O secretário acrescentou que foram iniciadas as atividades do colegiado dos hospitais de João Pessoa (municipais, estaduais e federais) no intuito de organizar todos os fluxos e atender melhor à população, a partir de uma parceira mais ajustada entre as direções.

Pesquisas internas – No Trauma também foi iniciada a revisão de fluxos considerados importantes para o bom atendimento aos usuários, como fluxo de atendimento e fluxo de ouvidoria, com previsão de serem efetivamente implantados nas próximas semanas.

Dentro do programa de endomarketing, no mês de julho, foram realizadas pesquisas de clima entre os funcionários em que cerca de 80% dos profissionais entrevistados se mostraram satisfeitos em relação ao trabalho que desempenham no hospital.

Entre outras ações, o hospital realizou uma pesquisa com pacientes e acompanhantes em que a classificação do atendimento foi positiva em 77% e implantou a pesquisa interna para promover avaliação constante da satisfação dos pacientes e de sua família. A avaliação do setor de acolhimento como ótimo e bom ficou em 62%, e a avaliação geral foi de 66%. Para a realização da pesquisa, foram treinadas atendentes e assistentes sociais, que aplicaram questionários durante todo o mês, em todos os setores do Hospital.

A direção iniciou um ciclo de qualificação dos servidores com a realização de 16 cursos e 38 palestras de capacitação, que fizeram parte de um conjunto de metas internas que a unidade precisa atingir para conquistar certificação na área hospitalar, chamado Acreditação.