Fale Conosco

2 de abril de 2012

Trauma-CG já atendeu 2.411 pessoas por acidentes de trânsito este ano



Mais de 25 mil pessoas já foram atendidas este ano no Hospital Regional de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande. A média diária de atendimentos é de 300 pacientes. Os acidentes de motos e carros continuam liderando as estatísticas do hospital.

De acordo com dados da Assessoria de Imprensa da unidade hospitalar, no período de janeiro a março deste ano, foram atendidas 2.411 pessoas vítimas de acidentes de trânsito, sendo 2.196 de moto e 215 de carro.

No mesmo período do ano passado, foram 1.658 atendimentos ocasionados por acidentes com moto e 204 por carro.  Falta do uso do capacete, excesso de passageiros, transporte inadequado de crianças e manobras arriscadas são as irregularidades que mais têm feito vítimas de motocicletas na Paraíba.

Para diminuir esses índices, a direção do Hospital de Trauma de Campina Grande vem fazendo campanhas educativas e de conscientização da população.

O Trauma de CG conta com 250 médicos, sendo 27 de plantão 24 horas em todas as especialidades de urgência. A unidade hospitalar tem ainda 150 enfermeiros, 450 técnicos de enfermagem, 48 fisioterapeutas, 30 assistentes sociais, 25 psicólogos e 1,7 mil funcionários técnico-administrativos.  O hospital é o único na região da Borborema que possui Unidade de Queimados em atendimento hospitalar e ambulatorial.

O Hospital é referência para 173 municípios paraibanos e atende ainda pessoas vindas do Rio Grande do Norte e Pernambuco.