João Pessoa
Feed de Notícias

Governo conclui obra da translitorânea até fim do ano

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 - 10:58 - Fotos:  Kleide Teixeira/Secom-PB

O Governo do Estado conclui e inaugura ainda neste ano a primeira etapa do Sistema Adutor Translitorânea que vai garantir, por 20 anos, segurança hídrica para cerca de 1 milhão de pessoas da região polarizada por João Pessoa.

Na obra, que está com mais do serviço 90% executado, foram investidos R$ 125 milhões. A segunda etapa está para ser contratada com recursos da ordem de R$ 185 milhões.

Atualmente, cerca de 60 operários trabalham na fase final de montagem do sistema elétrico e de outros setores da obra hídrica. O diretor de expansão da Cagepa, engenheiro João Vicente, explica que a estrutura montada na primeira etapa vai levar água para a estação de tratamento com vazão de 600 litros por segundo.

A segunda etapa, que compreende uma barragem de acumulação e mais 11 quilômetros de adutora, vai garantir água para a cidade de Alhandra com uma vazão de 50 litros por segundo, e outros 550 litros por segundo serão liberados para a estação de tratamento de água para se somar ao sistema como um todo. O sistema adutor Translitorânea foi projetado para abastecer bairros da Grande João Pessoa, além dos municípios de Alhandra e Conde.

Localizado no Litoral Sul da Paraíba, o sistema compreende a captação em três pequenas barragens nos rios Cupissura, Taperubus/Papocas e Abiaí.

As adutoras desses rios convergirão para um reservatório, constando de duas câmaras com capacidade para 5 mil metros cúbicos. As câmaras se interligam à estação elevatória EB4 e, daí, a água segue em recalque até uma estrutura chamada stand-pipe, para seguir por gravidade até a estação de tratamento de Gramame, que foi ampliada para tratar a uma vazão de 3.934 litros por segundo.

Integra o projeto da Translitorânea a duplicação da capacidade de acúmulo d’água a estação de tratamento de água localizada às margens da BR-101, na saída para Recife.