João Pessoa
Feed de Notícias

Trabalhador detido ao tentar tirar CNH no Detran por outra pessoa

quinta-feira, 18 de março de 2010 - 14:36 - Fotos: 
Mais uma pessoa foi detida tentando fazer as provas para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no lugar de outra. O fato foi descoberto na terça-feira (16), quando o trabalhador Edinaldo Fernandes procurou a Diretoria de Operações do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), pedindo para fosse prorrogado o prazo de validade das taxas para tirar a carteira e acabou revelando que a pessoa que fez a prova de Legislação de Trânsito não foi ele.

Segundo o diretor de Operações, Tarcísio Lacerda, o trabalhador Edinaldo Fernandes é analfabeto e revelou que estava tirando a primeira habilitação junto a Ciretran de Mamanguape e Rio Tinto, através da Auto Escola Borges. “Ele contou que foi procurado por um rapaz identificado por Filipe, que é ligado a auto escola, que lhe pediu 100 reais e a carteira de identidade”, informou o diretor.

Tarcísio adiantou que as provas de Legislação foram aplicadas em Rio Tinto, no dia 25 de fevereiro passado. Naquele dia, os servidores do Detran acharam suspeito o comportamento de alguns candidatos e, por esta razão, seguraram a divulgação do resultado das provas dessas pessoas. Na terça-feira (16), Edinaldo apareceu no Detran querendo o resultado da prova, uma vez que as taxas pagas por ele venceriam nesta sexta-feira (19).

O diretor de Operações disse que para esclarecer dúvidas quanto a verdadeira identidade de Edinaldo, foram feitas algumas perguntas, como filiação e escolaridade e solicitado a ele que escrevesse o nome numa folha de papel. A caligrafia não correspondeu com a assinatura da pessoa que fez a prova por ele lá em Mamanguape e, diante do fato, o rapaz resolveu contar tudo o que sabia.

O trabalhador Edinaldo Fernandes foi detido e encaminhado à 9ª Delegacia Distrital (DD) de Mangabeira, e lá autuado por falsidade e falsificação de documento público. Ele contou em depoimento que tudo tinha sido tramado por um rapaz conhecido por ‘Filipe’, que é ligado a Auto Escola Borges e tudo é feito com o conhecimento de outra pessoa também ligada àquela empresa, de nome ‘Eduardo’, conhecido na região de Rio Tinto e Mamanguape por ‘Dudu’.

Edinaldo foi liberado e vai responder ao processo em liberdade, enquanto que ‘Eduardo’ e ‘Filipe’ foram intimados a comparecer à 9ª DD, nesta sexta-feira (dia 19), às 10h, para esclarecer o fato. A identidade da pessoa que fez a prova no lugar da Edinaldo ainda é ignorada.

Jonas Batista, da Assessoria de Imprensa do Detran