Fale Conosco

12 de abril de 2012

Torcida do Corinthians faz campanha de doação de sangue na Capital



A Torcida Fiel do Corinthians, em João Pessoa, realiza neste sábado (14) mais uma campanha para doação de sangue. Esta será a 5ª edição do evento que acontece desde 2008. A torcida tem 60 associados e a sede funciona no bairro de Tambauzinho.

A campanha acontece duas vezes por ano e, em 2011, foi realizada nos meses de março e agosto. Este ano, a mobilização acontece no próximo sábado e a segunda edição está programada para setembro. Entre janeiro e princípio deste mês, o Hemocentro realizou 9.274 doações. No ano de 2010 foram 29.148 e no passado foram 31.469 doações.

Denominada de “Sangue Corinthiano”, a campanha pretende mobilizar não só os torcedores do Corinthians como também de outros times. “Esta é mais uma ação de solidariedade humana e só quem sabe o valor de uma bolsa de sangue é quem já precisou dela como eu”, disse o presidente da torcida, Eduardo Carneiro.

“Não importa se você é torcedor de arquibancada, de torcida organizada ou acompanha o Timão só pelo rádio ou TV. O importante é fazermos nossa parte na sociedade, doar um pouco do sangue que corre em nossas veias. Vamos doar sangue, salvar vidas e mostrar ao Brasil o poder de nossa torcida”, diz Milton Oliveira, idealizador da campanha.

Para a diretora técnica do Hemocentro, Germana de Fátima Paiva de Arruda, parcerias como estas são de grande importância para a sensibilização do ato de doar sangue. “São atletas que decidiram por esse gesto nobre e esperamos que outras agremiações possam se engajar nessa luta”, disse.

Condições para ser doador de sangue

- Ter idade entre 16 e 67 anos, 11meses e 29 dias (se for menor de 18 anos é necessário autorização do responsável legal)
- Pesar acima de 50 quilos
- Ter dormido normalmente nas últimas 24 horas
- Estar alimentado, dando intervalo de 2 horas após o almoço
- Evitar alimentos gordurosos na véspera e no dia da doação
- Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade
- Não estar gripado, resfriado, com febre ou diarréia
- Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas
- Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis
- Não estar grávida ou em período de amamentação. A menstruação e o uso de pílulas anticoncepcionais não impedem a doação
- Respeitar o intervalo entre as doações que devem ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres