Fale Conosco

17 de dezembro de 2014

Torcedores corinthianos de João Pessoa realizam doação de sangue



A Torcida Fiel do Corinthians em João Pessoa realiza neste sábado (20) o Dia D de mais uma campanha para doação de sangue no Hemocentro da Paraíba. Esta é a 14ª edição do evento, que acontece simultaneamente em todo o Brasil. A torcida na capital paraibana tem quase 60 associados que no dia da campanha vão se reunir a partir das 9h na sede do Hemocentro.

De acordo com o coordenador de marketing da Torcida Fiel Corinthiana em João Pessoa, Daniel Alves, os membros da equipe se engajaram com a ação nacional desde o início, em julho de 2008. “A campanha acontece duas vezes por ano e nosso objetivo é aumentar o número de doadores. Convidamos pessoalmente e através das redes sociais, além dos membros da Torcida Fiel aqui na capital, amigos e parentes. A corrente pelo bem se multiplica”, disse ele.

Para Daniel, não importa se o torcedor é de arquibancada, de torcida organizada ou acompanha o Timão só pelo rádio ou TV. “O importante é fazermos nossa parte na sociedade. Vamos doar sangue, salvar vidas e mostrar ao Brasil o poder de nossa torcida”, enfatizou.

Chamada de “Sangue Corinthiano”, a campanha pretende mobilizar não só os torcedores do Corinthians como também de outros times. “Esta é mais uma ação de solidariedade humana. Convidamos as outras torcidas para se engajarem na causa. A rivalidade fica nos gramados, chegou a hora de ajudar quem precisa. Só quem sabe o valor de uma bolsa de sangue é quem já precisou dela”, pontuou o coordenador.

Para a diretora geral do Hemocentro, Sandra Sobreira, parcerias como esta são sempre bem vindas para a sensibilização do ato de doar sangue. “Agradecemos muito a iniciativa, especialmente porque ela vem em hora mais do que oportuna. Nesta época do ano, com festas, confraternizações e viagens, verificamos uma baixa considerável no estoque de sangue”.

Sandra espera que esta ação possa incentivar o engajamento de mais doadores. “Que outras agremiações tomem o exemplo e se sensibilizem com a causa para que, assim, possamos continuar ajudando quem tanto precisa de nós”, concluiu.

A Campanha – A Campanha Sangue Corinthiano tem o objetivo de, todos os anos, promover o “Dia de Corinthiano Doar Sangue”, fidelizando e conscientizando os torcedores pelo Brasil sobre a importância da doação de sangue.

O Brasil necessita diariamente de 5.500 bolsas de sangue. Centenas de importantes cirurgias são canceladas por falta de sangue. A organização da campanha acredita que a força e a união da imensa torcida corinthiana podem fazer a diferença. Em João Pessoa, quem tiver dúvidas ou desejar obter mais informações, pode entrar em contato com o coordenador de marketing da Torcida Fiel Corinthiana, Daniel Alves, através do telefone (083) 8846 3875.

Fortalecendo o estoque – De acordo com a diretora técnica do Hemocentro da Paraíba, Rosângela Duarte, a diminuição do estoque de sangue nos bancos do Estado é uma tendência que se repete todos os anos nos meses de dezembro e janeiro. “Com a aproximação das festas de final de ano e a chegada das férias, as doações diminuem consideravelmente. De maneira geral e estimada, se normalmente temos 120 doações em dias ditos normais, nessa época o número desce para 90”, disse ela.

Cada vez que uma pessoa doa sangue, salva a vida de até quatro pessoas. A quantidade de sangue retirada não afeta a saúde do doador e a sua recuperação é imediata. Os tipos sanguíneos mais procurados são A+ e O+, enquanto que o tipo mais difícil de obter é o AB-, pois apenas 0,3% da população possuem esta tipagem.

A rede conta com os Hemocentros de João Pessoa (3218.7600) e Campina Grande (3310.7130), e tem unidades (hemonúcleos) em Patos (3423.2180), Sousa (3522.6364), Cajazeiras (3531.6687), Monteiro (3351.2004), Picuí (3371.2554), Piancó (4352.2733), Itabaiana (3281.2640), Catolé do Rocha (3441.2281), Princesa Isabel (3457.2938), Itaporanga (3451.3819) e Guarabira (3271.3610).

Condições para ser doador de sangue

- Ter idade entre 16 e 67 anos, 11meses e 29 dias (se for menor de 18 anos é necessário autorização do responsável legal);

- Pesar acima de 50 quilos;

- Ter dormido normalmente nas últimas 24 horas;

- Estar alimentado, dando intervalo de 2 horas após o almoço;

- Evitar alimentos gordurosos na véspera e no dia da doação;

- Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade;

- Não estar gripado, resfriado, com febre ou diarréia;

- Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

- Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis;

- Não estar grávida ou em período de amamentação. A menstruação e o uso de pílulas anticoncepcionais não impedem a doação;

- Respeitar o intervalo entre as doações que devem ser de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.