João Pessoa
Feed de Notícias

Técnicos e agricultores conhecem ações de convivência com estiagem em São José de Sabugi

segunda-feira, 11 de março de 2013 - 12:20 - Fotos: 

Um grupo de técnicos da Emater e agricultores familiares de vários municípios visitou unidades demonstrativas em São José do Sabugi, localizado próximo à cidade de Patos, no Sertão paraibano, para conhecer um quintal produtivo com alternativas de produção na agricultura familiar, com enfoque no sistema agroflorestal, e o tratamento de água através da técnica denominada Sistema de Desinfecção Solar da Água (Sodis). Nas comunidades visitadas, que servem de modelo, as famílias trabalham com ações que ajudam na convivência com a estiagem.

O agricultor Inácio Garcia é proprietário do Sítio Floresta, na Comunidade Penedo, em São José de Sabugi, onde, juntamente com seu filho Iranildo Araújo, que ajuda no cultivo da terra, mantém uma barragem subterrânea que dá suporte às culturas existentes, com a distribuição de água através de gotejamento e tambores com água usando tecnologia alternativa de captação e distribuição em toda a área.  A barragem foi construída através dos projetos Propac.

Na propriedade, a família trabalha com o cultivo de fruteiras (acerola, umbu, cajarana, goiaba, caju, pinha); leguminosas (leucena, gliricídia, atriplex (erva-sal); palma forrageira; mudas frutíferas e florestais. Todas as plantas têm cobertura morta que auxilia na preservação da umidade do solo na planta.

São aproveitados todos os restos de culturas, estercos de animais e ainda composto orgânico com cinzas, esterco de galinhas e casca de ovos, usados para adubar as plantas. O agricultor iniciou suas atividades no ano de 1996, com o 1ª SAF (Sistema Agro-Florestal), e conta hoje com o 5ª SAF. O uso de defensivos orgânicos é feito com cabacinha, o Nin, uma planta bastante usada nas propriedades rurais do semiárido.

Depois de participar de um curso no município de Maturéia, o agricultor decidiu investir no processamento de polpa de frutas, e após dez meses da implantação, o projeto traz retorno financeiro. Hoje, o agricultor já adquiriu freezer e idealiza melhorar o ambiente de trabalho.

Nos arredores da casa existe uma irrigação que coleta a água da lavagem da louça, da roupa e do banho, deixando o solo bastante úmido para o plantio de fruteiras e outras culturas. A família também cria ovelha, galinha, capoeira e outras ações. Apesar da estiagem prolongada, a família de Inácio Garcia tem se mantido sem muitos prejuízos. A Emater é representada no município pelo técnico em agropecuária Jamacy Andrade da Nóbrega, que tem levado assistência ao homem do campo.

Os integrantes do grupo que visitou as unidades demonstrativas em São José do Sabugi foram Marconi César Palmeira Filho e Maria Stela da Guia Ferreira (Santa Teresinha), Maria da Conceição Ramos Dantas (Patos), Maria Celiane Medeiros e Madeline Sâmara de Sousa (Quixaba), Péricles da Costa Gondim e Maria Stefânia (São Mamede), Pedro Ferreira Leite e Maria do Carmo Santos (Malta), Joselício Paulo da Silva e Maria do Socorro Cruz de Lima (Regional de Patos), além de Tatiana Asahi, assessora de Segurança Alimentar e Nutricional, do Nueso.

O grupo de extensionistas da Emater também visitou a Comunidade Riacho da Serra, no mesmo município, onde tomaram conhecimento do trabalho ali realizado, usando processo de desinfecção (Sodis).