João Pessoa
Feed de Notícias

Técnicos do Hospital de Trauma participam de capacitação

segunda-feira, 24 de maio de 2010 - 09:33 - Fotos: 

Cerca de 60 técnicos, das áreas de enfermagem, laboratório e raio-X, do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena (HETSHL) participaram no último sábado (22) das duas primeiras turmas do curso de capacitação em Suporte Básico de Vida (SBV).

A iniciativa é realizada pela direção do hospital, através do Núcleo de Estágio, Capacitação e Eventos (NECE), em parceria com o Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor-RH) da Secretaria de Saúde e a Faculdade de Enfermagem e de Medicina Nova Esperança (Famene).

Durante cinco sábados, das 8h às 18h, a turma de 60 profissionais, participa das aulas teóricas e práticas que são realizadas no laboratório biotério da faculdade parceira, no bairro do Valentina Figueiredo. O curso tem carga horária de oito horas, onde 90% desse total são destinadas as aulas práticas. Nesta parte, é utilizado um equipamento, na modelagem de um boneco que se assemelha a um humano, onde os profissionais vão treinar os procedimentos. Os simuladores mecânicos são bonecos em tamanho de criança e adulto, para melhor aprendizado.

“Partindo do principio de uma melhor qualidade assistencial, estamos investindo no aperfeiçoamento técnico da nossa equipe, instituindo um programa de educação permanente em conformidade com os mais recentes protocolos técnicos internacionais de urgência e emergência. Dessa forma, esses profissionais estarão aptos para fazer a abordagem primária nas vítimas graves de origem clínica e traumática, melhorando e agilizando o atendimento nesta unidade”, frisou a médica Aleuda Nágila, diretora técnica do Hospital de Trauma.

Capacitação será estendida – Nesta primeira etapa, 300 técnicos que atuam no pronto socorro do hospital serão capacitados. Mas o projeto é que a capacitação seja estendida a todos os 600 profissionais técnicos da unidade. “Com o incentivo da direção, idealizamos o curso de suporte básico para os profissionais de nível médio atuantes na urgência e emergência.

Mas o projeto é estender para os demais profissionais de nível superior, envolvidos no mesmo perfil de atendimento, realizando um curso de Suporte Avançado de Vida (SAV), a ser realizado no segundo semestre deste ano”, explicou Rosalvo Zósimo Bispo Junior, coordenador do Nece.

Ao todo serão quatro módulos trabalhados em sala de aula. De acordo com o conteúdo programático do curso, o primeiro será discutido os aspectos sobre a Reanimação Cardiopulmonar (RCP) em adultos; no segundo, o manejo das vias aéreas; no terceiro, a Reanimação Cardiopulmonar na criança e lactente, e no último módulo, os participantes terão as considerações finais e sessões de práticas de reforço.

Porém, antes de receber os certificados, os participantes são submetidos a uma avaliação, composta do teste escrito e outro de habilidades práticas. Os ministrantes das aulas é uma equipe formada por 11 enfermeiros, cinco fisioterapeutas e quatro médicos, todos do Hospital de Trauma.

Deste o início deste ano, o Núcleo de Estágio, Capacitação e Eventos (NECE), já viabilizou e apoiou 39 atividades entre cursos e palestras para os servidores do Hospital de Trauma. “Dentre suas atribuições, o Nece é o responsável pela capacitação dos profissionais que trabalham no Trauma visando uma atualização e complementação formativa especializada para o melhor atendimento dos pacientes que procuram esta unidade hospitalar. É a busca pelo serviço de saúde eficaz e humanizado”, definiu o coordenador no núcleo.

Programação das turmas
22/05 = 1ª  e 2ª turma
29/05 = 3ª e 4ª turma
05/06 = 5ª e 6ª turma
12/06 = 7ª e 8ª turma
19/06 = 9ª e 10ª  turma

Conferencia – Na última quinta-feira (20), a direção do Hospital de Trauma promoveu mais uma capacitação para seus profissionais. Tendo como palestrante Adilson Paschoa, médico assistente do Serviço de Cirurgia Vascular do Hospital da Beneficiência Portuguesa de São Paulo (SP) foi realizada a conferência sobre Profilaxia em Tromboembolismo Venoso. O evento aconteceu no auditório do hospital e contou com a presença de cerca de 70 profissionais que atuam na área de Cirurgia Vascular, Medicina Intensiva e Clínica Médica, além de enfermeiros, fisioterapeutas e acadêmicos.

Durante a palestra foram abordados assuntos como: a importância da prevenção como a medida mais eficaz de reduzir o número de mortes em pacientes internado; avaliação de risco; os protocolos de prevenção baseados na atual literatura médica, além do tratamento de tromboembolismo venoso, sempre enfocando o perfil de pacientes do Hospital de Trauma. Cerca de 100 mil casos por ano, apenas no Brasil, são notificados da trombose venosa profunda (TVP), o que configura situação com elevado risco de óbito em pacientes hospitalizados, especialmente em portadores de grandes traumas e pacientes internados em UTI, bem como em idosos e portadores de câncer.

 

Da Assessoria de Imprensa do HETSHL