Fale Conosco

24 de outubro de 2016

Técnicos de saúde de Sergipe conhecem experiências e estrutura da Funad



Representantes da Secretaria de Saúde do Estado de Sergipe visitaram a Paraíba nesta segunda-feira (24) para conhecer as experiências exitosas, estrutura e atuação da Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad) e, também, o trabalho de assistência às crianças com microcefalia. Eles foram recebidos pela gerente executiva de Atenção à Saúde da SES-PB, Patrícia Assunção, e pela presidente da Funad, Simone Jordão.

A  visita técnica  teve como objetivo entender como funciona um Centro Especializado em Reabilitação (CER 4), com habilitação nas quatro áreas da deficiência: visual, auditiva, intelectual e física, já que o governo sergipano está construindo um CER 4 e pretende inaugurá-lo no início de 2017.

A parceria entre a SES-PB e a Organização Panamericana de Saúde (Opas) visa estruturar e qualificar a Rede de Atenção à Pessoa com Deficiência e ainda, potencializar o cuidado às crianças com microcefalia, o que chamou a atenção do Governo de Sergipe. Segundo o IBGE, 26, 5% da população daquele Estado têm tipo de deficiência. Com a CER 4, a Secretaria de Saúde do Estado de Sergipe pretende oferecer os serviços que atendam essa demanda e a Paraíba serviu de exemplo para a implantação desse trabalho.

“Ficamos  encantados com a estrutura, qualificação e, sobretudo, com o comprometimento do Governo da Paraíba no que se refere à pessoa com deficiência e a visita foi bastante produtiva”, ressaltou Renata Ribeiro Buarque, coordenadora estadual da Rede de Cuidados da Pessoa com Deficiência.

Durante toda a manhã, os técnicos sergipanos ouviram relatos sobre o modelo de gestão da SES-PB e da Funad. Para Patrícia Assunção, a troca de experiências salienta a importância do trabalho desenvolvido no Estado. “Nossas atividades envolvendo o cuidado às pessoas com deficiência e crianças com microcefalia se tornaram modelo para outros Estados do Brasil. Em mais uma oportunidade, pudemos compartilhar nossas experiências exitosas, para que elas sirvam e sejam aplicadas também em Sergipe, por exemplo”, disse ela.

Simone Jordão fez um relato minucioso sobre a Funad. Falou sobre a estrutura da instituição, como as pessoas têm acesso aos serviços, como funcionam e, sobretudo, sobre os resultados positivos em todas as áreas da deficiência, o que tem tornado a Funad uma referência no atendimento à pessoa com deficiência no país. “Além da reabilitação, o Governo da Paraíba, através da Funad, propõe, sobretudo, que esse segmento tenha acesso aos direitos. Este é um espaço responsável pela luta por políticas públicas em prol da pessoa com deficiência, onde Governo, servidores, famílias e parceiros e sociedade civil organizada, buscam o cumprimento e efetivação das leis, o respeito pela inclusão e dignidade desse segmento”, ressaltou Simone.

 

A equipe da Secretaria de Saúde do Estado de Sergipe conheceu o trabalho dos reabilitadores, acompanhada das gestoras Patrícia Assunção e Simone Jordão, observando todo o trabalho das coordenações. A Funad possui mais de três mil usuários e realiza quase cinco mil atendimentos.